Warning: Duplicate entry '4623064' for key 1 query: INSERT INTO watchdog (uid, type, message, severity, link, location, referer, hostname, timestamp) VALUES (0, 'php', '<em>Function split() is deprecated</em> em <em>/home/monitori/public_html/forum/sites/all/modules/advanced_forum/advanced_forum.module</em> na linha <em>320</em>.', 2, '', 'http://www.monitorinvestimentos.com.br/forum/?q=node/43&page=5', '', '54.225.17.239', 1532139156) in /home/monitori/public_html/forum/includes/database.mysql.inc on line 172
Fórum Monitor Financeiro | Interatividade

Fórum Monitor Financeiro

: Function split() is deprecated in /home/monitori/public_html/forum/sites/all/modules/advanced_forum/advanced_forum.module on line 320.
Monitor
imagem de Monitor
Posts: 56
Joined: 2008-01-22
User is offline
Fórum Monitor Financeiro


Este é um Fórum Intradia de acompanhamento do mercado, aberto para toda comunidade financeira participar, compartilhando seus conhecimentos através da troca de informações entre os investidores experientes e iniciantes.

                       Bovespa                                               Dow Jones                                              FTSE 100
Bovespa     

Além deste modelo em formato expandido para debates intradiários, acesse a visualização pelo Fórum MI - com uma listagem dos tópicos em destaque - e toda a estrutura da seção de Interatividade através da tecla MASTER 

 


Seagull
imagem de Seagull
Posts: 6031
Joined: 2008-01-22
User is offline
Re: Re: Re: Afinal, existe ou não investimento de longo-prazo?

Poly, não resta dúvida de que rentabilidade foi muito boa... de ponta a ponta. Mas chegou a ser o dobro com 2 anos a menos... é isso que eu quero mostrar. Minha esposa percebeu agora, quando foi exercer seu direito de participar da oferta com dinheiro do FGTS.

Por incrível que pareça - e isso tb não é novidade - eu tentei convencê-la a resgatar suas cotas em 2008... ela pensou como vc, deixou rolar, e hoje tem a metade do valor que possuía. Enfim, são opções que precisamos fazer... pode ser que daqui a 10 anos ela tenha o triplo! Mas e daí? Se precisar dar liquidez nesses dias, não só perdeu 50% do que já teve, como ainda deixou de rentabilizar no período.

Os investimentos não se restringem apenas à bolsa /ou poupança... tem muita coisa além disso - e, como um único exemplo, basta ver o histórico do ouro este ano para perceber.

Abs

 

polycrav
imagem de polycrav
Posts: 2672
Joined: 2008-07-03
User is offline
Re: Re: Re: Re: Afinal, existe ou não investimento de longo-pra
 
OK Sea.
 
Mas sua esposa não pensou como eu. Pensou como ela!
 
Também essa não é a minha linha de raciocínio.
 
Você sabe bem qual é e, claro, entendeu o que eu quis dizer e mostrar. ;-)
 
Como é que foi o histórico do ouro em 10 anos?
 
E do Dólar?
 
Abraços,
 
Polyfetuosos!

 

Seagull
imagem de Seagull
Posts: 6031
Joined: 2008-01-22
User is offline
Re: Re: Re: Re: Re: Afinal, existe ou não investimento de longo

Por esse motivo que eu considero importante fazer gestão do patrimônio. Quando as bolsas (e Petro, Vale, etc) estão em suas melhores épocas de grande valorização é bom estar dentro. Se depois elas devolvem os ganhos - ou mesmo param de subir - outros tipos de investimentos podem render mais. Como foi o caso do ouro de um tempo para cá.

Não estou dizendo que carregar ações indefinidamente é um mau negócio. Ainda mais considerando se a empresa é boa pagadora de proventos. Mas de qq forma, se temos liberdade (e liquidez) para gerenciar os recursos de forma a potencializar os resultados, esta me parece uma opção mais sensata.

Abs

 

buracoinvest
imagem de buracoinvest
Posts: 103
Joined: 2008-05-15
User is offline
Re: Re: Re: Re: Re: Re: Afinal, existe ou não investimento de l

Só para compartilhar um pouco de experiência e manter a fogueira acesa:

estava a uns 3 anos na PETR, (desde 2004). Os ganhos eram tão bons que passei a fazer da bolsa (petr e vale), além de meu planejamento de aposentadoria, também minha poupança (erro número 1).

Veio o crash de 2008, liquidei boa parte, quando os indicadores de longo prazo começaram a bagunçar. No entanto, a cada suporte eu efetuava um compra (tinha mês que eu comprava apenas um único lote), mas o mercado estava numa tendência de queda e parei para não devolver meu lucro de 3 anos.

Agora que o mercado apresentou uma melhora, voltei mais forte quando a Petr bateu nos 28 (e olha que já tem uns 2 meses). Mesmo assim, o mercado tá "de lado".

Concluindo: entendo que quem vislumbra o longo prazo, pode se assustar com os resultados de 2010.

Seagull
imagem de Seagull
Posts: 6031
Joined: 2008-01-22
User is offline
Re: Re: Re: Re: Re: Re: Re: Afinal, existe ou não investimento

É isso aí Buraco. Compartilhar experiências reais também ajuda no aprendizado!!!

Abração

polycrav
imagem de polycrav
Posts: 2672
Joined: 2008-07-03
User is offline
Re: Re: Re: Re: Re: Re: Afinal, existe ou não investimento de l
 
Só é uma opcão mais sensata quando a gente acerta Sea.
 
Quando erra...
 
Fala Jobim!
 
A insensatez que você fez
Coração mais sem cuidado...
 
Vai meu coração ouve a razão
Usa só sinceridade
Quem semeia vento, diz a razão
Colhe sempre tempestade...
 
 

 

Seagull
imagem de Seagull
Posts: 6031
Joined: 2008-01-22
User is offline
Re: Re: Re: Re: Re: Re: Re: Afinal, existe ou não investimento

Verdade Poly, a gente aprende isso também.

Com os erros e acertos. Quem diria que a Vale e Petro já tiveram, um dia, o mesmo preço...

Hoje estão com spread relativo na casa de 1,6. Cada um faz suas opções... que podem dar certo ou não! ;-)

Abs

profiteer
imagem de profiteer
Posts: 387
Joined: 2009-06-09
User is offline
Re: Re: Re: Re: Afinal, existe ou não investimento de longo-pra

O correto seria comparar o nominal ao índice Bovespa, que deu no período de 01/08/2000 a 01/08/2010: 300 %

Vejamos agora o CDI do mesmo período: 326 %

Mas quem é comprou PETR em 2000? Esse período na verdade foi a época de OURO, bullish do começo ao fim. O que faz a gente recordar aquela máxima no mundo das finanças:

Rentabilidade passada não é garantia de resultado futuro.

*considerando apenas o retorno nominal do ativo em relação ao CDI, ainda sem considerar a variável risco x retorno drawdowns, sharpe etc

Uncle Scrooge
imagem de Uncle Scrooge
Posts: 104
Joined: 2008-05-11
User is offline
Re: Re: Re: Re: Re: Afinal, existe ou não investimento de longo

Não concordo que o correto é pegar o índice Bovespa como referência, pois dentro dele tem um monte de "porcaria" que atrapalha seu “rendimento”, e também não considera novos aportes ao longo do tempo.

Penso e pratico o seguinte:

Se o investidor montar uma carteira seguindo estes princípios básicos:

1) realizar uma breve análise dos múltiplos e histórico de uma empresa (no momento da compra) para saber se realmente é boa para ser sócio, e acompanhamentos "mensais?", ou talvez "trimestrais?", de forma a monitorar de perto a empresa para saber se está correspondendo a altura, e;

2) efetuar novos aportes ao longo do tempo nessas empresas escolhidas, caso realmente elas estejam correspondendo ao planejado, senão, deixar a sociedade no primeiro sinal de decadência;

Eu pergunto: Será que uma carteira dessa, sem compras e vendas intermináveis, e com acompanhamentos esporádicos das empresas, teria o mesmo rendimento que simplesmente o Ibovespa "cheio"?

Abraços

profiteer
imagem de profiteer
Posts: 387
Joined: 2009-06-09
User is offline
Re: Re: Re: Re: Re: Re: Afinal, existe ou não investimento de l

Uncle, IBOV pq neste caso seria o benchmark a ser usado, já que estamos falando em renda variável.

Quote:
Eu pergunto: Será que uma carteira dessa, sem compras e vendas intermináveis, e com acompanhamentos esporádicos das empresas, teria o mesmo rendimento que simplesmente o Ibovespa "cheio"?

Os seus princípios na verdade são fundamentalistas de quem faz gestão ativa. Lembre-se que poucos conseguem ou conseguiram um desempenho médio superior ao mercado a longo prazo. É por isso que investidores pouco sofisticados ou capacitados preferem fazer B&H no índice, já que acreditam que dificilmente conseguirão um retorno superior ao mercado.

EU acredito ser possível (embora a média pese significadamente a seu desfavor). Se vc souber o que está fazendo vá em frente, se não, corre sério risco de nem conseguir igualar o ibov a LP.

polycrav
imagem de polycrav
Posts: 2672
Joined: 2008-07-03
User is offline
Empiricosofia Marcoelisiana
 
Mais um texto longo, porém "reflexionante".
 
Boa Leitura procês!
 
O que fazer? Ou, o que eu vou fazer
Por Marcos Elias

Há 2 anos os homens de ações têm enfrentado dificuldades em rentabilizar, em Reais, o capital investido em bolsa. A crise deflagrada por Paulson em 2008 agiu como uma bomba atômica sobre as gestoras pequenas e médias focadas em renda variável. As economias centrais ainda estão em frangalhos, enquanto nós, brasileiros, temos assistido, abestalhados, a um crescimento autista e exuberante da economia doméstica. Se fosse o Brasil uma ação, teríamos um dos balanços mais saudáveis do mundo. Mas e daí? Isso se refletirá em apreciação dos valores mobiliários? Todos os dias passo os olhos pelos principais jornais norte-americanos, e o que posso perceber são rápidas notícias marginalmente boas (como a melhora discreta em um índice econômico qualquer) entremeadas por profundas e importantes dúvidas, como se o Congresso confrontará a China, impondo-lhe tarifas sobre suas exportações. Congresso não é o mercado financeiro, e eles também tem lá seus Tiriricas, capazes de tudo, movidos pela falsa crença de que pior não fica. Outro dia, não faz muito tempo, me entristeci ao ler um artigo publicado no FT e que nos retrata a situação da classe média americana: engordados durante 30 anos com crédito abundante, despreparados, e portanto, sem capacidade de agregar valor, endividados e presos nas armadilhas que bairros arborizados e V8 representam àqueles que não tem dinheiro para morar ou comer. A “bicicleta” que rodava há alguns anos atrás, aquela em que a China exportava deflação aos americanos, que, por sua vez, lhes compravam suas bugigangas a crédito, e, em troca, tinha seus déficits financiados pela compra chinesa de títulos americanos, se estrumbicou no chão e – tal foi o tombo – não se pode nem consertar. A confiança, o emprego e o crédito do americano sumiu. Qual é a nova bicicleta global? Fecho os olhos e não consigo conceber uma economia americana baseada na manufatura de baixo valor agregado para exportação. Até a demência senil de Fidel Castro, que lhe emprestou uma certa lucidez transitória, fez-lhe a boca balbiciar uma dúvida: “O modelo cubano não funciona mais”. E eu, confesso: estava quase convencido de que um país onde ainda se recarrega caneta BIC e que vende as ancas largas de suas mulatas em sórdidos conventilhos pudesse ser um modelo simples e útil para o Século XXI. Fidel e eu estamos em dúvida. Mas então eu preciso de um raciocínio muito simples em que me apoiar. É o que me demandam nos almoços infinitos: “em que você, administrador dos meus recursos, acredita?”. E, enquanto o prato esfria, sondo as infinitas reentrâncias do cérebro a procura da convicção:


“A Dilma está eleita. Com chances de fazê-lo no primeiro turno. Não há Serra no Rio. Não há Serra no Nordeste. Estou convencido também que o próximo Ministro-Chefe da Casa Civil será o Palocci, que é o representante do mercado de capitais. Ele arrecadou muito com isso, e não trairá quem os fizer permanecer no poder. No Brasil, não há direita ou esquerda, só dianteira e traseira, e há sim a pauta da oposição e a pauta do poder. O objetivo do PT no poder é um só: manter-se no poder, preservando suas forças. O que se espera do Palocci é que traga benefícios a uma única rua no Brasil inteiro. A Faria Lima. Prometeu nos transformar em uma London City trigueira, e ainda esperamos a total conversibilidade cambial. In Palocci and in Bovespa we trust para nos inserirmos no centro nervoso do mercado de capitais mundial. Ao contrário do Serra, a Dilma, para “mexer” no câmbio, vai mexer nas taxas de juros (o Serra o faria diretamente sobre o câmbio, esse mal-disfarçado tanque da segunda guerra, de 42), e teremos juros reais de 3% em 1 ano. Se tomarmos uma bolsa sem Petrobras (que, para mim, estará morta por meia década para o mercado de capitais que nos interessa), seu caminho natural é subir, nesta empolgação, e também porque estamos de castigo há mais de 2 anos (e quando todos querem, acontece), por 6 meses. A bolsa vai nos apunhalar, irrisão, com 50% de alta em um intervalo ridiculamente curto. E lá do alto, tendo feito poucos ricos, como lhe é de costume, do alto dos 90 ou 100 mil pontos, jazerá seu corpo, até o final do primeiro mandato Dilma”.


Todos, à mesa, me olham. O filé de badejo espuma uma gordura espessa e clara, intocado no meu prato. “E posto que seu cenário é de uma alta aguda das ações, como pretende se posicionar para aproveitar desta alta?”, arrisca um cliente, buscando, com os olhos, a aprovação à pergunta entre os companheiros.


“Estou em Inepar, e vou ficar. Não quero, mas também não posso sair desta posição de uma hora para outra. Após o período de subscrição, a ação anda, mas mesmo depois disso, não vendo. O que emperra as ações é o balanço incompreensível da companhia, e vejo isso mudar. Sei que estão cansados da história, mas é minha convicção. Quem sabe não convencemos o Atilano a listar IESA, que nas minhas contas vale US$ 1,8 bilhões, oferecendo o equivale a um market cap de Inepar em ações da IESA aos Ineparistas. Quem sabe?! Teremos alguma exposição à Ecodiesel, que deve se beneficiar politicamente. No demais, tudo é novo. Não sei porque GGBR3/GOAU3 está tão barata e por isso pretendo comprar um belo lote do ativo. Vou comprar umas calls fora do dinheiro de OGX, barateando-as com vendas gordas, esperando o farm-out. Estou e fico em Brasil Brokers. O Banco do Brasil está mal posicionado crédito imobiliário, e deve se associar com a companhia. Tenho Dasa porque entendo que a margem deverá disparar no curto prazo, mas, no longo, tende a ser uma low cost, absorvida pelo Fleury. Eztec para mim é o lugar para se estar em real estate porque está focada na cidade de São Paulo, tem essa expertise de conhecer SP e seu zoneamento como ninguém. Ademais, meu feeling é que consigam aprovar mais projetos do que o contemplado uniciamente para o terceiro trimestre. Sou comprador de Cosan, porque acho que vai digerir bem os ativos da Shell. CSN compro porque acredito em Mina de Casa de Pedra. BMF é a porrada, e isso se dará com high frequency e aumento dos cadastros em Bolsa. Triunfo é a minha cara: small cap, vai fazer uns R$ 400 MM de Ebitda num futuro próximo e tem gente boa despertando para o papel. É isso que tenho a oferecer”.


Os pratos agora estão cheio de doces e a mesa recheada de cafés. Um ex-politécnico, nascido em 1922, concentra a voz e me oferece alforria: “Ok, meu caro Elias. Um homem é aquilo que ele faz. Estou satisfeito e os senhores?”. Todos aquiescem. Aquilo acabou. Posso andar duas quadras, e fumar algo.
 

 

trix
imagem de trix
Posts: 98
Joined: 2009-05-25
User is offline
Re: Empiricosofia Marcoelisiana

Fumar algo? Deve ser por isso que ele pensa assim, e muda de opinião toda hora.

profiteer
imagem de profiteer
Posts: 387
Joined: 2009-06-09
User is offline
A miopia de quem ignora o risco residual do mercado

A assimetria no retorno do mercado e o "Fat Tail" da distribuição. Estudo baseado em Monte Carlo sugere que investidores subestimam o risco intrinseco no Mercado de Ações.

http://www.tradersnarrative.com/everyone-continues-to-underestimate-stock-market-risks-4709.html

Seagull
imagem de Seagull
Posts: 6031
Joined: 2008-01-22
User is offline
Deadline

 
 
Quinta, 16/09,  é o último dia para os detentores de ações da Petrobras (e cotista do FMP-FGTS) manifestarem  a inteção de participar da oferta pública. Os demais interessados - que não têm prioridade nem garantia de serem atendidos - ainda podem decidir até 22/09.  
 

A matemática é relativamente simples para os interessados que detêm cotas da PETR3 "e" dinheiro no Fundo de Garantia: pode-se aplicar 34,3% do valor atualizado no FMP, ou 30% do saldo em conta - o que for menor. Difícil é enfrentar a burocracia... parece que o governo prefere aumentar sua participação, pois, além de não facilitar a vida dos acionistas, desta vez não haverá deságio como ocorreu em 2000... apenas os funcionários da estatal terão um desconto na aquisição de seus lotes.

Fazendo contas arredondadas: quem ingressou na primeira oferta de ações com R$ 10.000, chegou a ter R$ 180.000 no início de 2008 (uma expressiva valorização). De lá para cá, o valor já caiu à metade. Portanto, aqueles que mantiveram suas aplicações, poderão entrar com 30 mil nesta capitalização. Se considerarmos que o FGTS paga TR+3% aa, para um investimento de LP, sem dúvida, é uma boa opção para alocar seu dinheiro...

Contudo, os que resgataram suas cotas em 2008 podem hoje recomprar o dobro da quantidade de ações com o mesmo financeiro. E quem ficou, tem uma boa chance de fazer preço médio, mantendo a sua mesma participação anterior.

Minha opinião é que vale a pena usar o dinheiro do FGTS. Já para quem está fora, parece melhor esperar para ver como será o comportamento dos preços em mercado após a finalização da oferta.

Afinal, as eleições estão aí... com todo jeito de que será decidida no primeiro turno (pasmem!). E se a Dilma for de fato eleita - com a turma do seu partido - existe uma suspeita de que o Lula possa ser o novo presidente da petrolífera...

Para quem não se contenta em ser sócio do governo apenas na hora de pagar o imposto de renda, está aí uma oportunidade de compartilhar os lucros (???) do Planalto com a PTrobras.

Boa sorte!

http://www.seagulltrading.com/

ftakeshi
Posts: 24
Joined: 2008-06-11
User is offline
Re: Deadline

Bom dia Seagull !

QUem não têm petr3 nem petr4 na carteira, mas tem saldo no FGTS pode participar da OPA ?

Até que dia ?

Seagull
imagem de Seagull
Posts: 6031
Joined: 2008-01-22
User is offline
Re: Re: Deadline

Oi ftakeshi,

Seguinte: até o dia 22 qualquer um que não tenha ações da PETR pode se habilitar como investidor do varejo para concorrer à reserva de 20% do total ofertado, mas não existe a possibilidade de usar os recursos do FGTS - restrito apenas a quem tem cotas do FMP desde o ano de 2000

Abs

Sardinha
imagem de Sardinha
Posts: 320
Joined: 2008-06-20
User is offline
Petrobras é destaque negativo do Ibovespa

14/09/10 - 17h39
InfoMoney

SÃO PAULO – Seguindo a trajetória volátil projetada pelos analistas, por conta da disputa para formação de preços na operação de sua capitalização, os papéis da Petrobras (PETR3, PETR4) intensificaram suas perdas durante a tarde e fecharam esta terça-feira (14) nas suas mínimas do intraday, pressionando o Ibovespa - o índice recuou 0,5% no pregão, para 67.691 pontos.

As ações preferenciais da companhia registraram forte queda de 5,12%, atingindo R$ 26,85, ao passo em que os ativos ordinários caíram 4,8%, cotados a R$ 30,14, revertendo os ganhos obtidos no pregão anterior, quando os papéis PN e ON avançaram 1,1% e 2,8%, respectivamente.

As ações PETR4 também se destacaram por terem alcançado o segundo maior volume financeiro da bolsa brasileira nesta sessão, movimentando um total de R$ 1,08 bilhão, ficando atrás apenas dos ativos PNA da Vale (VALE5), que responderam por um giro de R$ 1,781 bilhão.

Volatilidade deve continuar
Segundo analista da Prosper Corretora, a volatilidade dos papéis é reflexo da tentativa de investidores para se beneficiar de preços mais baixos na oferta da ações da empresa.

Entretanto, tal movimento deve continuar até o dia 23 de setembro, quando será formado o preço por papel na oferta pública. Além do procedimento de bookbuilding, a cotação das ações ordinárias e preferenciais serão utilizados como parâmetro para a definição do preço, de acordo com o edital publicado pela empresa.

Seagull
imagem de Seagull
Posts: 6031
Joined: 2008-01-22
User is offline
Re: Petrobras é destaque negativo do Ibovespa

E hoje o Ibovespa fechou positivo... mas a PETR caiu de novo!

Bom, os interessados na oferta vão poder comprar a preços mais baratos...

Em compensação, os lotes que já possuem na carteira valem cada vez menos!

Fazendo as contas... para quem tem visão de longo prazo vale tudo!

Basta continuar vivo...

polycrav
imagem de polycrav
Posts: 2672
Joined: 2008-07-03
User is offline
Re: Re: Petrobras é destaque negativo do Ibovespa
 
Rss...
 
Sea, o investidor de LP nem liga pra isso. Conheço alguns que não toma nem conhecimento. Aliás, exceto dessa vez, em que o blá blá blá da mídia tá fazendo o trabalho informativo, de forma que Não tem como não tomar conhcimento.
 
O investidor de LP que continua no "lucro" contábil fictício, virtual, como queiram, aproveita esses momentos para comprar mais. Só isso.
 
Já imaginou um "mundo" sem invesidores de LP. Na primeira quedinha sai todo mundo! No primeiro sinal de alta entra todo mundo comprando!
 
ô festa danada!! heheheh
 
 

 

HOT USER
Posts: 197
Joined: 2009-11-04
User is offline
Ibov 1963... como não!

Abraços, HOT USER.

 

profiteer
imagem de profiteer
Posts: 387
Joined: 2009-06-09
User is offline
Alerta para volatilidade

(Reuters) - Investidores estão usando opções para se precaverem contra grandes oscilações na próxima semana, quando Wall Street entra no auge do mês considerado de maior volatilidade histórica para ações.

http://www.reuters.com/article/idUSTRE6895GO20100910

 

Seagull
imagem de Seagull
Posts: 6031
Joined: 2008-01-22
User is offline
Re: Alerta para volatilidade

E o dolar continua fraco.

Dizem que é por causa da entrada de dinheiro estrangeiro para participar da oferta de ações da Petrobras.

Mas o dinheiro entra e as cotações caem???

Será que estão usando os recursos para alugar e vender papel ou apenas para cobrir margens???

profiteer
imagem de profiteer
Posts: 387
Joined: 2009-06-09
User is offline
Re: Re: Alerta para volatilidade

Que tão pesando a mão na venda, isso é fato. Aliás saiu um artigo a pouco no FT sobre isso http://blogs.ft.com/beyond-brics/2010/09/15/shorting-petrobras/

Ale
Posts: 203
Joined: 2009-02-23
User is offline
Re: Re: Re: Alerta para volatilidade

Pensei na idiotice da chapa branca derrubando os preços para desestimular os acionistas minoritários a entrar e a União aumentar sua fatia no bolo com o nosso dinheiro. Acaba sobrando mais para os gringos que se juntam ao povo na hora de pagar a conta. Devo estar caducando

Seagull
imagem de Seagull
Posts: 6031
Joined: 2008-01-22
User is offline
Re: Re: Re: Re: Alerta para volatilidade

Caducando eu não sei... mas neste confuso processo eu também não duvido de mais nada!

polycrav
imagem de polycrav
Posts: 2672
Joined: 2008-07-03
User is offline
A cessão (horr)onerosa com bônus!

Por Paulo César Ribeiro Lima 

Prezado Luis Nassif,

Envio-lhe dois textos abaixos relacionados com a capitalização da Petrobras: "Cessão onerosa: uma grande jogada da Petrobras" e "Será que estamos próximos de um crime contra o patrimônio público".

Sou Consultor Legislativo da Câmara dos Deputados, ex-engenheiro da Petrobras, mestre pela Coppe e doutor pela Universidade de Cranfield.

Abraços,


Cessão onerosa: uma grande "jogada" da Petrobras


Há bilhões e bilhões de barris de petróleo em áreas não concedidas do Pré-Sal. O que vale dizer, em áreas da União, em áreas dos contribuintes, em áreas de toda a sociedade brasileira. No entanto, na última quarta-feira, dia 4 de setembro, a Petrobras divulgou, por meio de Fato Relevante, que seu Conselho de Administração aprovou a minuta do Contrato de Cessão Onerosa.

Essa minuta estabelece o direito de a Petrobras exercer atividades de pesquisa e lavra de petróleo e de gás natural em áreas não concedidas do Pré-Sal, limitado à produção de 5 bilhões de barris equivalentes de petróleo nas áreas de TUPI SUL, FLORIM, TUPI NE, PEROBA, GUARÁ LESTE, FRANCO e entorno de IARA. Todas essas áreas da União serão "cedidas onerosamente" para a Petrobras.

No Fato Relevante divulgado pela Petrobras, consta que o volume da "cessão onerosa" de Franco é de 3.056 bilhões de barris equivalente de petróleo. Ressalte-se que a própria Diretora da ANP, Dra. Magda Chambriard, disse que a agência calcula que Franco tenha 5 bilhões de barris equivalentes de petróleo (Valor Econômico do dia 3 de setembro: Estatal foi pessimista, afirma ANP). Segundo, o secretário de Petróleo e Gás Natural do Ministério de Minas e Energia, o prospecto de Franco tem volume potencial de 20 bilhões de barris (O Estado de São Paulo, 06/05/2010: Jazidas do poço Franco podem ir para partilha).

Admitindo-se um fator de recuperação de 25%, esse prospecto realmente pode produzir 5 bilhões de barris. Registre-se que esse era o fator de recuperação esperado na época da descoberta de Marlim. Na Rio Oil & Gas 2008, a Gerente-Executivo da Petrobras, Dra. Solange Guedes, apresentou um fator de recuperação de 56% para Marlim (Trabalho intitulado "70% Recovery Factor: Experiences in Brazil"). Com o desenvolvimento tecnológico, o mesmo pode acontecer com Franco. Nesse caso, apenas Franco poderia produzir mais de 10 bilhões de barris.

A Petrobras também deve ter sido "pessimista" com o volume de barris equivalentes de petróleo das áreas de TUPI SUL, FLORIM, TUPI NE, GUARÁ LESTE, FRANCO e entorno de IARA, que totalizaram 1,474 bilhão, segundo o Fato Relevante divulgado. O mesmo raciocínio de FRANCO pode ser aplicado a essas áreas. Dessa forma, essas áreas apresentariam um potencial de produção superior a 3 bilhões de barris.

Em TUPI, IARA e GUARÁ, simples acordos de unitização entre os concessionários e a União poderiam gerar enormes receitas líquidas para o estado brasileiro nos próximos anos, além da participação especial, cujo percentual de 50% seria destinado para o Estado do Rio de Janeiro e seus Municípios. É sempre bom lembrar que o petróleo produzido nas áreas "cedidas onerosamente" não vai gerar o pagamento de participação especial. Com a assinatura do Contrato de Cessão Onerosa, quem vai assinar o acordo de unitização com a Petrobras e suas parceiras é a própria Petrobras. Dá para acreditar que a União ceda esse direito para a Petrobras?

No caso de FLORIM e PEROBA, se a Petrobras "marcou" essas áreas, é porque a sísmica deve ter indicado altíssimo potencial. Pela dimensão do prospecto de PEROBA, ele pode ter potencial semelhante ao de FRANCO. No entanto, a área de PEROBA já está carimbada como "CEDIDA PARA A PETROBRAS".

Na verdade, a Petrobras está "pegando" as melhores áreas da União, à exceção do prospeto de LIBRA. Nas áreas "cedidas onerosamente", o volume físico de petróleo pode ser de mais de 50 bilhões de barris. O potencial de produção dessas áreas pode ser de mais de 10 bilhões de barris, admitindo-se um fator de recuperação de apenas 20%. Se o fator de recuperação atingir 40%, essas áreas produziriam 20 bilhões de barris.

Deverá, então, ser montada pela Petrobras uma grande estrutura de produção, com unidades flutuantes de produção (FPSO’s), poços, linhas submarinas etc, na região das melhores áreas do Pré-Sal "cedidas onerosamente" pela União, pois, produzindo nas áreas cedidas, a Petrobras sequer vai pagar participação especial. Daqui a 15 anos, quando a Petrobras tiver produzido os 5 bilhões de barris previstos no Contrato de Cessão Onerosa, deve surgir uma outra "jogada" da empresa para ela continuar produzindo o petróleo da nação a "preço de banana".

Apenas os 5 bilhões previstos no Contrato de Cessão Onerosa poderiam gerar receitas líquidas para a nação de US$ 250 bilhões. Admitindo-se um período de produção de 15 anos, um valor de US$ 70 por barril e uma taxa de desconto de 5%, isso representa uma receita líquida descontada de US$ 160 bilhões, equivalente a US$ 32 por barril, valor muito maior que o valor médio de US$ 8,51 supostamente pago pela Petrobras.

Digo supostamente porque apenas a participação especial que Petrobras deixará de pagar, de cerca de US$ 10 dólares por barril, é maior que o "ônus" de US$ 8,51 por barril. Ou seja, não é uma "cessão onerosa", é uma "cessão com bônus". Sempre é bom lembrar que a Sinochem pagou US$ 15 por barril pelas reservas do campo de Peregrino. Campo esse que foi descoberto e rejeitado pela Petrobras.

Continua em:

 

Chacal.
imagem de Chacal.
Posts: 18
Joined: 2010-07-02
User is offline
Mercado às cegas.

 Alguém já praticou esta modalidade?

Entrar no mercado sem olhar qualquer indicador que seja (técnico ou fundamentalista), de forma sistemática e por um tempo considerável. Os resultados devem ser interessantíssimos.

 

Abraços,

 

Chacal.

 

 

Seagull
imagem de Seagull
Posts: 6031
Joined: 2008-01-22
User is offline
Re: Mercado às cegas.

Fala Chacal...

Acho que o mercado não perdoa essas aventuras. Hoje temos bastante informação disponível para nos dar suporte na hora de decidir. Mas sempre há o imponderável.

Operar às cegas seria como eu agora enviar uma ordem daqui de Buzios sem avaliar o comportamento dos ativos ou bolsas internacionais, rs. O que eu mais vejo neste momento é onda, vento e a natureza farta ao redor! Abri o computador por acaso, apenas para responder um email... :-) 

E estou sem entender o motivo para a bolsa subir em NY e ficar negativa aqui...

Também, a esta altura, isso não me importa muito.

Abs

 

polycrav
imagem de polycrav
Posts: 2672
Joined: 2008-07-03
User is offline
Re: Re: Mercado às cegas.
 
Operar às cegas Sea?
 
Qual a novidade disso?
 
Tem gente que opera direto dessa forma! rsss
 
Aliás, pensa que tá enxergando alguma coisa, mas é só ilusão.
 
Conheço alguns e poderia até listar... buuuuuuttt! (sic)
 
Xá pra lá!
 
Abraços e curta bem os seus búzios que eu curtirei os meus.
 
Mas isso é uma outra história...
 
Poly

 

 

profiteer
imagem de profiteer
Posts: 387
Joined: 2009-06-09
User is offline
Re: Mercado às cegas.

Não é exatamente isso que faz um buy-and-holder?

E segundo a eficiência de mercado, tem uma significância de 99% do resultado não ser superável.

PS. Pelo visto o Seagull e a elite de especuladores se aposentaram na RF! Ninguém mais posta nada. Cadê as estratégias no INDFUT Seagull?

Cheers!

Opções de exibição de comentários

Escolha seu modo de exibição preferido e clique em "Salvar configurações" para ativar.