Warning: Duplicate entry '4465481' for key 1 query: INSERT INTO watchdog (uid, type, message, severity, link, location, referer, hostname, timestamp) VALUES (0, 'php', '<em>Function split() is deprecated</em> em <em>/home/monitori/public_html/forum/sites/all/modules/advanced_forum/advanced_forum.module</em> na linha <em>320</em>.', 2, '', 'http://www.monitorinvestimentos.com.br/forum/?q=node/370', '', '54.162.69.178', 1495995895) in /home/monitori/public_html/forum/includes/database.mysql.inc on line 172
Monitor dos Blogs | Interatividade

Monitor dos Blogs

: Function split() is deprecated in /home/monitori/public_html/forum/sites/all/modules/advanced_forum/advanced_forum.module on line 320.
Blogger
imagem de Blogger
Posts: 3685
Joined: 2008-06-30
User is offline

Blogger
imagem de Blogger
Posts: 3685
Joined: 2008-06-30
User is offline
Another Fact Quiz


A observação a respeito da 50-DMA mostrou-se acertadíssima. Por dois pregões houve violação intraday deste benchmark, mas não houve fechamento acima dele.


Mudando de assunto: TA é simples. Mas está muito longe de ser óbvia. Vejamos uma ilustração do tema. As áreas hachuradas em verde no chart acima representam padrões de topo, na tendência terciária, bem semelhantes. Surgiram a partir de pequenas áreas de congestão. Vejam como por meses a fio houve um nítido padrão de topos e fundos. Padrão análogo surgiu recentemente não em um topo, mas em um fundo!
Por quê? O que isso pode sugerir?
 
[Os leitores que quiserem deixar sua avaliação podem fazê-lo na área de comentários]
 
http://marketsbyfactfinder.blogspot.com/

 

Blogger
imagem de Blogger
Posts: 3685
Joined: 2008-06-30
User is offline
IBOV

Por André Nakamura

As vendas tão aguardadas, foram fogo de palha, e infelizmente não foram como esperadas, agora IBOV voltou a apontar pra cima, com rali iniciando, trix e MM comprados, mirando primeiro em 68,7k. É importante destacar, que o mercado ainda está sem tendência.

PETR4, tem entrada rompendo 35,10.

VALE5, fica na compra acima de 44,15.

O importante aos que já estão comprados é que o mercado e a maioria dos papéis ainda não apresenta tendência.

Sempre lembrando que os estudos aqui postados tem fim didáticos. Cada um é responsável por suas operações.

http://www.mensalinho.com/

 

Blogger
imagem de Blogger
Posts: 3685
Joined: 2008-06-30
User is offline
BM&FBOVESPA


Em 2009, diversos conselheiros de investimento recomendaram os mercados emergentes. Entre eles destaca-se o Brasil; e na bolsa brasileira destaca-se a BM&FBOVESPA (BVMF 3). A ação subiu 101% em 2009, para R$ 12,25, o que equivale a US$ 7.
 
O papel ainda não tem ADR, mas especula-se que vai lançar em NY brevemente (Banco do Brasil também), para facilitar os investidores americanos e internacionais.

Para quem está interessado no Brasil, cuja expectativa de crescimento do PIB é de 4,75% em 2010 e baixa inflação prevista, não precisa quebrar a cabeça analisando cada ação individualmente. Se quiser comprar Brasil, compre BM&FBOVESPA e pronto.

BM&FBOVESPA ganha dinheiro com o volume de transações, que atingiu, em outubro de 2009, o record de US$ 4.2 bilhões por dia, 38% a mais do que o ano anterior. Como as corretoras, a Bovespa ganha quando o mercado sobe, e ganha quando o mercado baixa.

A Bovespa está em contato com o Chile, Colômbia e México para “cross listing” das ações. Essas bolsas estão se posicionando para se tornar as bolsas da América do Sul. Ao mesmo tempo, a Bovespa se interliga com o grupo CME (Chicago Mercantile Exchange) a maior bolsa de futuros e opções, e com a Nasdaq. Ela está investindo em tecnologia para construir uma plataforma de classe mundial. Quando o mercado for mais rápido e eficiente, mais capital a bolsa vai atrair, inclusive mais IPO’s nos anos vindouros.
 

 

Blogger
imagem de Blogger
Posts: 3685
Joined: 2008-06-30
User is offline
Ibovespa 18/02/2010

 

sexta-feira, 19 de fevereiro de 2010

 

O intraday desta quinta-feira foi marcado por um pull-back, testando a antiga LTB e a LTA secundária. No final do dia fechou com alta e acima da 50MM, confirmando a retomada da tendência de alta. Contudo, é importante observar que a atual LTA secundária é por demais íngreme, sendo muito provável uma futura correção para definição da LTA definitiva.

 

Blogger
imagem de Blogger
Posts: 3685
Joined: 2008-06-30
User is offline
Dow Jones e Ibovespa





Dow Jones agora tem a linha de tendência do canal de baixa como resistência imediata e Ibovespa também na mesma situação.

Ambos poderão encontar dificuldades nessa região.

 

Blogger
imagem de Blogger
Posts: 3685
Joined: 2008-06-30
User is offline
30-Yr Treas

  Bottoming Out...For A While?

A sequência de dias positivos em Wall St. não surpreendeu. Iniciou-se com uma bull trap, retratada no comentário de 04/jan. A força necessária para produzir esses ganhos teve como combustível os latecomers ("atrasados"), que jogaram indicadores contrários a pontos extremos. No caso das minhas médias do CBOE Equity P/C Ratio, essas leituras não ocorriam desde meados de out/09. Daria uma recomendação "neutra" para equities nesse momento por conta desse clima otimista demais para o meu gosto.


Em relação aos Treasuries predomina o pessimismo. Concentrações altas de puts "no-dinheiro" (ATM) com vencimento essa semana no respectivo ETF denunciam esse sentimento. Ocorre que o price action encontra-se sobrevendido no semanal em área de demanda forte. Uma combinação não muito saudável aos especuladores de curto prazo. :)
 
http://marketsbyfactfinder.blogspot.com/

 

Blogger
imagem de Blogger
Posts: 3685
Joined: 2008-06-30
User is offline
Recuperação Lenta

Gary Becker, Steven Davis e Kevin Murphy explicam porque a economia americana ainda vai demorar para se recuperar completamente.

Leia o artigo na íntegra clicando AQUI.

http://cristianomcosta.blogspot.com

Blogger
imagem de Blogger
Posts: 3685
Joined: 2008-06-30
User is offline
Previsão do Fluxo de Caixa


Mas não conte com os analistas para dizer onde o fluxo de caixa está indo. Acontece que que as previsões de Wall Street do fluxo de caixa não são muito precisas. Isso está de acordo com um novo estudo da Accounting Review, uma prestigiada publicação da American Accounting Association

“O erro de previsão média é mais que o dobro nas previsões de fluxo de caixa do que nas previsões para o lucro” disse Dan Givoly, um professor de contabilidade da Penn State e co-autor do estudo.

As conclusões são baseada na revisão de mais de 15 mil previsões de fluxo de caixa e lucro entre 1993 e 2005.

(...) A despeito disto, as previsões de fluxo de caixa tem tornado muito popular. Em 1993, Wall Street produziu previsões de fluxo de caixa de somente 2,5% das empresas que acompanhavam seus lucros. Em 2005, mais de 57% das empresas que receberam projeções de lucros tinham também projeções de fluxo de caixa.

Cash Flow Has Won Admirers, But Forecasting It A Challenge Earnings views err less than ones for cash flow; working capital swings - NORM ALSTER - INVESTOR'S BUSINESS DAILY – 7/1/2010

 

Blogger
imagem de Blogger
Posts: 3685
Joined: 2008-06-30
User is offline
Menos etanol; gasolina mais cara


A redução de 25% para 20% da mistura de etanol na gasolina pode ter um efeito colateral indesejável: o aumento do preço da gasolina. Técnicos do governo, que preferem não se identificar, calculam que, se nenhuma medida for tomada, o preço da gasolina na bomba poderá subir de 2% a 2,5% com a menor mistura de álcool anidro.

Isso poderia acontecer porque, apesar de ter subido recentemente de preço, o álcool ainda é mais barato do que a gasolina. A mistura é feita pelas distribuidoras de combustíveis. Como agora elas terão de comprar mais gasolina do que antes, o custo total tende a subir.

Essas empresas compram a gasolina de refinarias da Petrobras e o etanol das usinas de cana. Depois, elas fazem a mistura e revendem aos postos. Segundo uma fonte governamental, o Executivo já estuda saídas para evitar que uma medida tomada para inibir o aumento do preço do álcool acabe aumentando o preço da gasolina. Uma das possibilidades é a redução da Contribuição de Intervenção sobre Domínio Econômico (Cide) cobrada da gasolina. Esse imposto já foi usado em outras ocasiões como colchão para impedir que aumentos da gasolina na refinaria chegassem aos consumidores.

Fonte: AE

http://lucrandonabolsa.blogspot.com/

 

Blogger
imagem de Blogger
Posts: 3685
Joined: 2008-06-30
User is offline
Disciplina, Estratégia e Paciência.


Disciplina, estratégia e paciência são pré-requisitos para o sucesso na bolsa.

 

       "O ataque exige um timing perfeito, e também coragem. Saber a hora certa de atacar é uma arte e uma ciência e, mesmo para os melhores, não raro é adivinhação. Como acontece com a maior parte dos fatores dinâmicos, a janela de oportunidade geralmente é muito pequena. Nenhum luminoso indica que uma grande oportunidade está muito próxima."

                                                                                                                                                                                                                        Garry Kasparov


Escrito por Lbmaster

The Investor

 

Blogger
imagem de Blogger
Posts: 3685
Joined: 2008-06-30
User is offline
It Is Gonna Get Bumpy...


Esse post deveria ter sido escrito ontem não fosse um Trojan Fake Alert maldito que se instalou no meu PC. E me azucrinou a noite toda...mas vamos lá. Retail investors pularam - depois do breakout das médias yankess no primeiro dia do ano - dentro do barco como não se via desde final de novembro/09. [Esses dados da CBOE só consigo com confiabilidade no dia seguinte. Ou seja, não se trata de avaliação em tempo real.] Por outro lado, os pros já mostravam, em tese, um grau de bullishness bem alto. Na verdade, por uma questão pragmática, prefiro não confiar nessa avaliação ortodoxa em um primeiro momento. Talvez seja uma acomodação dentro do setor de mutual e hedge funds e não esteja relacionada diretamente a essa questão. Não costumo apostar veementemente contra a banca.

Conforme comentado anteriormente, as tendências mais seguras devem encontrar a massa reticente e não confiante. Apesar das pequena bull trap no diário ser padrão bullish de curto prazo, os níveis de confiança nesse rally estão além do que poderia considerar uma "barbada". Ainda continuo achando que não teremos nenhum price action playable - como diriam os yankees - antes da divulgação do 4Q09 dos bancos de Wall St. Nesse momento o mercado não me parece playable em quase nenhum timeframe. Daytraders não conseguem tirar o seu porque os grandes rallies têm ocorrido no gapup (de um dia para o outro) e depois o price action percorre um range meio curtinho durante o dia. [Não fazer nada é também uma postura agressiva. rsrs]

 

Blogger
imagem de Blogger
Posts: 3685
Joined: 2008-06-30
User is offline
ECOD3, quase pulando um degrau

Como mostramos em análises anteriores, a ação ECOD3 está subindo na forma de "escada", ultrapassando degrau por degrau.

 

Ontem chegou a testar a resistência do degrau atual em R$ 1,27. Porém, fechou em R$ 1,18.

 

O indicador OBV (On  Balance Volume) usado para medir o fluxo positivo ou negativo do volume, mostra uma considerável evolução (segundo gráfico na figura).

 

Será que desta vez a ação vai?!?!

 

Com certeza em breve veremos...

 

Um grande abraço a todos,

 

Investmaníacos,

 

Blogger
imagem de Blogger
Posts: 3685
Joined: 2008-06-30
User is offline
Sobre bancos


Ontem um amigo meu me mandou uma mensagem que me levou a fazer um pouco da tarefa de casa. Vou transcrever.

"Lafa,
Os P/Ls de ITUB (19,1), ITSA (17,0), BBDC (15,0), SANB (44,4) e BBAS (8,5) estão bem, bem, bem maiores que a média histórica.
Você acha mesmo que estão baratos assim?"


Fui fazer a tarefa de casa e achei o seguinte:

" Saudações xxxxx
Primeiro que agradeço muito sua mensagem. Eu estou bem investido em bancos mas não compraria nada ou quase nada agora. Ainda acho que irão render na minha carteira mas após ler sua mensagem reavaliei com os novos preços e não estou achando um desconto muito grande não.

Santander eu vendi no topo e, da última vez que vi, estava caríssimo. Na época tinha que ser louco pra comprar santander a valor de mercado de Bradesco.

Então minha discussão fica em torno de Bradesco, Itaúsa, e BB/Alfa. O que está tornando Bradesco, por exemplo, um bom investimento pra mim são as minhas premissas, as mesmas que mantenho há muito tempo (e elas vêm se mantendo). Vou tentar organizar o raciocínio abaixo e depois ir pro valuation.

1. A bancarização do brasileiro e a expansão do crédito estão mostrando as garras com força. Quando eu comecei a escrever isso o indicador crédito/pib estava em baixa, abaixo de 30% (já esteve em 38% no começo do plano real). Hoje estamos chegando a 40%, um crescimento de quase 20% em um ano de crise. Pro ano que vem não vai ser difícil ir pra cima de 45%.

2. Então a gente tem alguns drivers de crescimento muito fortes pro banco:
  • a. O crescimento normal da economia. Não gira dinheiro na economia sem passar pelos bancos.
  • b. A bancarização. Aumentando o número de clientes.
  • c. O aumento do crédito. --> --> --> OBS: Tomo como premissa que os ativos vão acompanhar esse crescimento.
  • d. A "proteção" contra a inflação. Se todo mundo começasse a ganhar o dobro amanhã, e todos os produtos custassem o dobro amanhã, os bancos simplesmente ficariam com o dobro dos ativos sem ter que investir um tostão pra isso. Se as receitas aumentam x% e as despesas aumentam x%, o lucro aumenta x%.

3. Isso acima acaba por refletir, pra mim, numa taxa de crescimento robusta num período de baixo dividendo. Vou considerar que o Bradesco consiga manter um ROA de 2%. Esta premissa pode ser contestada, mas se o banco manteve o ROE acima de 1,5% durante a crise mundial... e hoje está com o resultado não realizado do mesmo tamanho que antes... será que é uma premissa tão absurda assim?

Se o ROA puder se manter fixo, então o crescimento do lucro pode ser estimado assim:
  • 10 anos a 4% --> crescimento da economia de 48% -- fator (1,48)
  • Crescimento da relação crédito/PIB -- de 40% pra 80% -- relação 1,5
  • Fator: 1,48 . 1,5 = 2,22

Que equivale a um crescimento composto de 8% a.a. acima da inflação.

Isso se mostra válido para o Bradesco? Sim. Nos 10 anos mais recentes o lucro anual foi de 1,5Bi para um pouco mais de 7Bi. O que dá uma taxa nominal de 16,7% a.a. Descontando o IGPM dá um pouco menos de 8% e descontando o IPCA dá 9,4% a.a. acima da inflação.

Isso com um payout acima dos 50%.

4. Uma avaliação de PJ para o Bradesco

Antes de falar mais qualitativamente deixa eu ver quanto isso dá com uma taxa de desconto adequada...

Premissas:
  • LPA DE R$ 3,00 em 2009
  • Payout de 55% por 10 anos
  • Cresc. acima da inflação de 8% a.a. no período.
  • Taxa de desconto de 12% a.a.
  • Perpetuidade: 4% a.a. acima da inflação, payout de 75%


Isso dá VPL: R$ 36,00
Hoje o preço está em R$ 31,00. O que dá um pequeno desconto. Considero estas premissas médias: nem otimistas nem pessimistas. Elas poderiam ser mais otimistas. Por exemplo, se o payout subir 5% nos primeiros 10 anos, ou se a taxa de crescimento for para 5% algum tempo antes da perpetuidade o PJ vai pra 39.5.

OUTROS DRIVERS MENORES DE LONGO PRAZO.
No caso do Bradesco temos outras coisas interessantes aí. Ele sempre trabalhou com PDD alta e sempre sobra da PDD após tirar a inadimplência. Ele é quem pega a base da pirâmide agora, então, faz sentido estar sofrendo com a inadimplência agora. Mesmo assim parece estar indo bem. Também assumo que ele esteja com as despesas em alta agora porque fez uma campanha forte demais pra abrir agência em tudo quanto é buraco desse país afora. Deve ter muita agência não lucrativa. Outra coisa é que ele é líder no ramo de seguros mas o brasileiro ainda não tem seguro. Aliás, o brasileiro ainda não tem nem conta em banco. O pessoal por aí às vezes tem seguro de carro. Seguro de casa e de vida então é coisa rara. Isso ainda pode mudar muito. O banco não tem esqueletos grandes no armário com planos de previdência ou processos judiciais. O ramo de previdência por exemplo, as receitas do banco são as taxas de administração, é praticamente tudo contribuição definida. Fora isso a inteligência de crédito no Brasil ainda é burra pra caramba. Mas já está funcionando. Administração: eu considero muito isso a favor de Bradesco e Itaú. Eles estão o tempo inteiro melhorando um pouco. Sempre alguma coisa importante, embora não gigantesca. Como exemplo recente eu cito o DDA. Com isso eles vão conseguindo que muitos clientes rendam R$ 1,00 ou R$ 2,00 a mais por mês. Ainda falta: juntar ATM´s para reduzir despesas, melhorar a inteligência na concessão de crédito (bloqueando mais o pessoal H e favorecendo o ABCD), ganhar mais dinheiro com as corretoras, etc. Parece que quando eles vão entrar num negócio novo, não perdem a cabeça. Estão procurando garantia antes de tudo.

6. O ITAÚ...E igual mas diferente... hehee... melhor a gente discuti-lo depois...Agora, meus amigos, eu valorizo muito seus comentários a este e-mail.

[]s

DISCLAIMER: Como eu mesmo disse na mensagem acima, eu não compraria e não estou recomendando compra alguma. Este é um exercício de valuation pra ser discutido e analisado. Só isso. Abraços.

 

http://tradinginblog.blogspot.com/

 

Blogger
imagem de Blogger
Posts: 3685
Joined: 2008-06-30
User is offline
O X da Questão para 2010...

O X da Questão para 2010...

PessoALL,

Todos sabemos que a BOVESPA bombou em 2009, agora todos se perguntam até onde vão as bolsas, não só em NY, mas também aqui, pois  a BOVESPA além de ser eleita a melhor aplicação de 2009, superou todos fundos de renda fixa, e liderou o ranking de desempenho entre os mercados emergentes.

Há quem diga que o prazo de validade do rali ainda não se esgotou, que novas investidas de alta vêm por aí. A meu ver vai depender, e muito, de como evoluírem as coisas em WALL STREET e da resposta que o FED dará ao longo de 2010 às recentes evidências de que o pior da crise foi deixado para trás. Cedo ou tarde, uma hora o juro terá de subir nos EUA, revertendo parte do fluxo que migrou para cá. Aí é que mora o "x" da questão !

Por conta disso, há grande expectativa na quarta-feira, dia 06/01/10, pela ATA DO FED, que se referirá ao último encontro de política monetária de 2009, na metade de dezembro, quando o juro foi preservado perto de zero, mas o comunicado reconheceu os sinais recentes de que a economia está ganhando pique. Será uma busca por mensagens subliminares que possam indicar a o momento que o FED pretende subir os juros nos EUA, quanto mais tarde para nós melhor!

http://bussoladefinancas.blogspot.com/

Blogger
imagem de Blogger
Posts: 3685
Joined: 2008-06-30
User is offline
Debut In '10 On Last Minutes of '09


Deveria primeiro trabalhar nos acertos e desacertos de 2009 como fiz em 2008. Isso fica pra segundo plano porque US equities fizeram na última meia hora de 2009 o imprevisível. Quanto mais tempo estudo o assunto mais me impressiono com as idiossincrasias do Mr. Market (nomenclatura preferida de Mr. Buffett). Nesse curto espaço de tempo:

  • Qs romperam com volume seu suporte intraday de 45,90;

  • SPX caiu forte até seu suporte imediato em 1.115 e lá ficou;

  • DJIA encontrou então forte oferta na área de 10.500 e sucumbiu.
Primeira pergunta que me faço é: Quais as reais possibilidades de que seja apenas um shakeout intraday para novas altas (52-wk highs) na primeira semana de 2010? A princípio não são animadoras. A título de curiosidade...anteontem analisando alguns tickers de setores yankees descobri que existia/existe uma quantidade estúpida de contratos em aberto fora-do-dinheiro (OTM) de vencimento em janeiro para Utilities Select Spdr (ticker XLU)*. Ontem cedeu nada menos que 1,43%. [The crowd is wrong most of the time!] Essa situação se repete em menor escala para outros setores.

Alguns outros technicals não são muito favoráveis como falado anteriormente. [Daí o alerta de que novas compras nesses níveis são temerárias]. Um deles é a volatilidade intraday baixa, com repercussão nunca além da tendência terciária (assunto do momento). Na última vez que abordei en passant o VIX (clique aqui) ele estava meio longe da área crítica e via algum upside para equities a partir daí, o que de fato ocorreu. A perda da pequena LTB (l. branca) deixa aberta a possibilidade da continuação dessa retração.
Happy new year!
 
* Bueno...essa o amigo Seagull pode confirmar. ;-)
 
http://marketsbyfactfinder.blogspot.com/

 

Blogger
imagem de Blogger
Posts: 3685
Joined: 2008-06-30
User is offline
Abertura

Ainda com volume bem reduzido, os mercados mundiais estão hoje em clima de realização de lucros, depois de várias altas seguidas. O dólar se fortalece entre as moedas, provocando ajustes negativos na maioria das moedas, mesmo com alguma redução nos juros do open market. No Japão, o Nikkei225 fechou com -0,86%, na Europa, o Stoxx50 vai perdendo 0,9% até agora e o futuro do S&P500, nos Estados Unidos, recua cerca de 0,5%, até o momento. Por aqui, a Bovespa seguiu quase parada ontem, com outra pequena alta e um saldo vendedor alto para dia, das corretoras internacionais. O aluguel de ações segue sendo diminuído, possivelmente num acerto de fim de ano; a posição comprada por investidores estrangeiros no futuro do índice subiu de 29 para 30 mil contratos. A posição comprada pelos mesmos investidores no dólar futuro caiu de 89 para 74 mil contratos. No pré-pregão, o Fut. Fevereiro está caindo 0,6%, com volume de apenas 0,8 mil contratos.

 

 

Blogger
imagem de Blogger
Posts: 3685
Joined: 2008-06-30
User is offline
Ibovespa


O Ibovespa cumpre seu tradicional rali de alta de fim de ano. Alta modesta, sem testar a LTB. As definições deverão ficar para 2010.

 

Blogger
imagem de Blogger
Posts: 3685
Joined: 2008-06-30
User is offline
Perspectivas para 2010....

Pessoal,

Estávamos lendo algumas notícias sobre perspectivas para 2010 na internet referente ao mercado financeiro e encontramos esta manchete de capa do site Infomoney que achamos muito boa e gostaríamos de divulgar aos leitores do blog dos Investmaníacos.

Ela fala basicamente sobre o Ibovespa mas através da análise por meio da Teoria das Ondas de Elliot.

Para acessar a matéria é só clicar aqui.

Aproveitamos para desejar a todos um feliz 2010. Que todos alcancem seus objetivos!!!
Muita saúde, paz, sucesso e espírito solidário para todos nós.

E aí, será que 2010 terá o Ibovespa tão positivo quanto foi 2009?

Um abraço,
Investmaníacos

Blogger
imagem de Blogger
Posts: 3685
Joined: 2008-06-30
User is offline
Year-End Thoughts On The Markets


Minhas análises mostram-se geralmente corretas porque reconheço as limitações do meu método e porque obedeço basicamente às duas primeiras premissas delineadas na entrevista de Linda Raschke (clique aqui). No final de novembro escrevi que esperava um price action frágil em janeiro. Decorrido quase um mês da publicação desse post já não tenho a mesma convicção. Mas apenas por uma questão sazonal convém aguardar o desenlace da primeira semana de janeiro. Nessa época managers de fundos começam a realocar recursos, sem a influência dos bônus de performance.


Em dezembro - apesar do desempenho basicamente neutro de equities - yields dos Treasuries dispararam. Averages tipicamente ligadas a growth ultrapassaram seus 52-wk highs (vide índice de semicondutores acima). Embora alguns poucos agentes tenham cacife para manipular um mercado por um tempo, não é possível alterar a tendência primária. O FED tem nos últimos meses mantido yields baixos com a compra direta de 22% dos novos Treasuries emitidos e compras indiretas (furtivas) a partir dos dealers. Um dos objetivos era a manutenção de juros acessíveis nos financiamentos imobiliários. Isso chegou ao fim. Para botar um pouco mais de lenha na fogueira, os déficits comerciais dos EUA em relação à China estão diminuindo ano a ano. Esse ano espera-se uma redução de 30%(!) em relação à 2008 [hat tip to Charles Hugh Smith.] Minha experiência mostra que oportunidades de investimento/especulação dificilmente se repetem. [P.ex., empresas "dot com" em 98-99 e crude oil em 07-08.] Daí...no primeiro trimestre de 2010 convém observar o mercado de bonds yankees. Technicals sugerem que boas oportunidades surgirão aí (leia-se, fundos short de Treasuries). A ausência de notícias "oba-oba" nesse sentido apenas reforçam minha tese. Claro que esse cenário traz à tona a suspeita de que nossa querida Selic já comece 2010 em seu patamar mínimo. Daqui para diante, se for alterada, só mesmo para cima.
 
http://marketsbyfactfinder.blogspot.com/

 

Blogger
imagem de Blogger
Posts: 3685
Joined: 2008-06-30
User is offline
Enorme para Quebrar


Durante a crise financeira, criou-se a expressão “too big to fail”. A idéia é que existiam algumas instituições, em especial bancos, que eram importantes para que o governo deixasse quebrar. Para que estes bancos fossem considerados relevantes, a ponto do governo não deixar quebrar, era importante que o mesmo fosse representativo no sistema financeiro, seja por seu tamanho, seja pelas conexões com outros bancos. Crescer tornou-se um sinônimo de redução de risco.

O aumento de tamanho, através principalmente da aquisição da operação de outras instituições, passou a ter outro incentivo: redução do risco. Entretanto, o processo de aquisição pode ser ruim para a instituição compradora quando o ágio pago é excessivo. O valor deste ágio pode ser considerado, de certa forma, como o custo para ser grande.

Usando dados das operações de aquisição de bancos entre 1991 e 2004, Elijah Brewer e Julapa Jagtiani (via Pricing the Advantage of Being “Too Big to Fail”, Zubin Jelveh) estimaram que os bancos pagaram um prêmio de 14 bilhões de dólares em certas aquisições que podem ser consideradas como o preço por tornar-se “tôo big to fail”.
 

 

Blogger
imagem de Blogger
Posts: 3685
Joined: 2008-06-30
User is offline
O Ciclo da Velha Falácia Lunar

moonReproduzo um artigo que foi publicado em alguns noticiários financeiros, parece que a consultoria elaborou uma pesquisa com viés esotérico, onde observamos o velho problema das correlações espúrias, ou seja, onde a correlação não é causalidade, e vai e vem me deparo com afirmações sobre a influência da lua nos mercados financeiros, parece até um ciclo de uma velha falácia.

  Leia este texto completo »


Pesquisa: maiores ganhos nas bolsas ocorrem em ciclos lunares
Na tentativa de encontrar a lógica do mercado financeiro, uma pesquisa da consultoria Macquarie mostra que os maiores ganhos com investimentos em ações ocorrem nos dois dias que marcam a passagem de um ciclo lunar para outro, conforme publicado pelo jornal Times nesta terça-feira.
“Utilizando dados de diversos índices desde 1988, fica claro que uma forte onda de ganhos pode ser vista na mudança do mês lunar. (…) Dos 32 mercados examinados, todos mostraram retornos positivos maior que a média na passagem do mês lunar… e, em algumas praças, os ganhos médios durante o resto do mês ficaram abaixo ou perto de zero”, afirmou o estudo.
O ciclo lunar corresponde a uma volta da Lua ao redor da Terra, que dura aproximadamente 29,5 dias. A influência do satélite natural em diversas áreas da atividade humana é conhecida há séculos, principalmente em culturas orientais, mas encontra poucos fundamentos científicos.
O estudo da Macquarie envolveu 14 analistas sêniores em cinco centros financeiros mundiais e utilizou 32 índices acionários. Segundo o Times, os analistas chegaram à conclusão de que os ganhos médios foram ligeiramente superiores durante a Lua Nova (início do ciclo lunar), em todos os mercados pesquisados.
A consultoria também apontou outros estudos que relacionam o mercado financeiro a fases lunares. Recentemente, a consultoria CLSA afirmou que o estouro da crise de crédito global em 2008 foi previsto por um ciclo lunar. Segundo eles, o pânico começou no 27º dia do sétimo ciclo lunar – a mesma fase teria marcado as crises de 1929, 1987 e 1997.
No entanto, o estudo da Macquarie ressalta que dificilmente os investidores vão adaptar suas estratégias de negócios de acordo com os resultados da pesquisa e que a relevância da teoria lunar no mercado financeiro é pouco mais poderosa do que apostar que boas ações apresentam bons retornos à longo prazo.

http://www.atrattore.com/blog/

Blogger
imagem de Blogger
Posts: 3685
Joined: 2008-06-30
User is offline
Da série: Recordar é Viver


Estamos prestes a fechar o ano de 2009, e como recordar é viver vale dar uma repassada nos principais acontecimentos do 1o. semestre deste ano:

Janeiro

- Bolsas começam 2009 com uma importante missão: recuperar os prejuízos de 2008, quando o Ibovespa caiu 41,22% e Dow Jones 33,8% 

- No primeiro pregão de 2009, ações da Petrobras fecharam com alta de 7,44% após confrontos na Faixa de Gaza estimularem o preço do petróleo.

- Rússia corta fornecimento de gás a sete países.

-Rumores sobre fusão de Morgan Stanley e Citigroup rondam o mercado.

-Gás russo destinado a Europa volta a chegar à Ucrânia.

-Citigroup e Morgan Stanley confirmam boatos e criam a Morgan Stanley Smith Barney, resultado da fusão das atividades de corretagem dos dois bancos.

-Steve Jobs é afastado da Apple por problemas de saúde. Ações tombam aproximadamente 6,30% após notícia.

-Problemas na entrega de gás entre a Rússia e Europa voltam e tentativas na organização de reuniões em território da União Européia falham.

-Após alguns dias, Rússia e Ucrânia chegam a um acordo sobre gás.

-Terça-feira, 20 de Janeiro de 2009, Barack Obama toma posse como presidente dos Estados Unidos e mercados tombam: Ibovespa -4,01%, Dow Jones -4,01%, S&P 500 -5,28%.

-Copom corta Selic em 1 ponto percentual e leva taxa a 12,75% ao ano.

-Naji Nahas perde ação contra bolsas e é punido em R$ 1 milhão.

Fevereiro

-Devido a crise mundial, a Balança Comercial do Brasil registrou o primeiro déficit em quase 8 anos.

-Após a divulgação dos dados da pesquisa industrial de dezembro de 2008, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva admitiu que o país possa sofrer uma retração em 2009.

-Polêmica em torno da cláusula no plano econômico de Barack Obama que restringe o uso de ferro e aço exclusivamente americanos, além da utilização também exclusiva de apenas produtos manufaturados americanos.

-Relatório Focus afirma que taxa Selic deve fechar 2009 em 10,75% ao ano.

-Fidel Castro afirma que nem Barack Obama, muito menos qualquer outro político ou economista, poderá resolver os crescentes problemas da sociedade capitalista americana.

-Em sua primeira coletiva como presidente dos Estados Unidos, Barack Obama afirma que haverá uma catástrofe caso o pacote não seja aprovado no curto prazo pelo Congresso, levando o país a uma "espiral negativa".

-Detalhes sobre o golpe de Bernard Madoff ainda são divulgados, como um saque de US$ 15,5 milhões realizado pela mulher do golpista semanas antes da armação ser descoberta.

-Com intuito de combater os efeitos da crise mundial no estado de São Paulo, o governador José Serra anunciou um pacote de medidas para beneficiar as exportadoras.

-Congresso dos Estados Unidos aprovou pacote de Barack Obama, que foi otimizado para US$ 787 bilhões. O projeto final não contou com a polêmica cláusula Buy American e com a promessa de não violar qualquer norma proposta pelo comércio internacional.

-Ações da Positivo disparam 78,85% com boato de compra pela Lenovo, porém empresa termina o dia negando qualquer informação.

-Greenspan: "crise é a pior desde 1930".

-Febre: um email está sendo repassado entre a população da Colômbia recomendando que a população saque o dinheiro dos bancos, pois devido à crise, o país aplicará um "corralito financeiro", restringindo os saques bancários.

-Grande polêmica em torno da demissão em massa de 4.270 funcionários da Embraer.

-Enquanto brasileiros comemoram Carnaval, Dow Jones passa por dia apertado e cai 3,41%

Março

-Barack Obama: "todas as tropas dos Estados Unidos no Iraque deverão sair do país em 31 de dezembro de 2011".

-Em uma carta destinada aos acionistas da Berkshire Hathaway, Warren Buffett admite erros primários que realizou em 2008 e diz que 2009 a economia norte-americana ficará em ruínas.

-Timothy Geithner, secretário do Tesouro norte-americano: "Estados Unidos estão passando por pior crise fiscal da história".

-Dominique Strauss-Kahn, diretor-gerente do FMI: "Terceira onda da crise irá atingir países pobres".

-Devido à falta de vendas proporcionada pela crise, a Toyota alugou um navio de carga para estocar os automóveis não vendidos.

-Merrill Lynch suspende operador que escondeu US$ 400 milhões em perdas nos mercados de divisa.

-Petrobras investigada sobre vazamento de informações do resultado anual de 2008.

-Warren Buffett: "a economia dos Estados Unidos rola precipício abaixo" ? "irá demorar cinco anos para que se recupere".

-Ben Bernanke, presidente do Federal Reserve: "Não deixaremos grandes bancos caírem".

-Copom corta Selic em 1,5 ponto percentual e leva taxa a 11,25% ao ano.

-Bernard Madoff, de 70 anos, assume crimes e é condenado a 150 anos de prisão.

-Sadia e Perdigão confirmam fusão.

-Morgan Stanley prevê uma retração de 4,5% para o PIB brasileiro em 2009. Lula rebate dizendo que o banco não conseguiu nem prever o que aconteceu com ele mesmo.

-Jean-Claude Trichet, presidente do Banco Central Europeu, diz que há bastante consenso sobre uma recuperação econômica a partir de 2010.

-Governo norte-americano anuncia programa TARP em conjunto com a iniciativa privada para comprar títulos podres. Mercados reagem bem, incluindo Ibovespa que fechou o dia com alta de 5,89%.

-Polícia Federal prende quadrilha instalada na Camargo Corrêa.

-Luiz Inácio Lula da Silva: crise foi causada por "gente branca de olhos azuis" ... "não é justo que negros e índios paguem a conta".

Abril

-Ibovespa vira o mês com rentabilidade de 7,18%, a melhor desde abril de 2008.

-Reunião da cúpula do G20 em Londres causa revolta e resulta em 87 presos e um falecimento.

-Ao cumprimentar Lula durante o G20, Barack Obama falou: "I love this guy".

-Mais um esquema de pirâmide é descoberto nos Estados Unidos, desta vez, está envolvido Edward Stein, um gerente de fundos de alto risco. O calote foi precificado em US$ 55 milhões.

-Até então, o Brasil já combateu com R$ 475 bilhões contra os efeitos da crise no país.

-Barack Obama rejeita lançamento de foguete pela Coreia do Norte.

-Google pode estar negociando a compra do Twitter, um microblog avaliado em US$ 250 milhões.

-Em assembléia organizada, acionistas optam por processar ex-diretor financeiro da Sadia pelos danos causados com derivativos.

-Standard & Poor's reavalia situação econômica do Brasil e mantém selo de Investment Grade.

-Bradesco emplaca novamente como a segunda marca mais valiosa do Brasil, avaliada em R$ 16,265 bilhões, segundo a consultoria Brand Finance.

-Equador anuncia que entrará na Justiça contra a construtora brasileira Odebrecht em cobrança de US$ 210 milhões pelos prejuízos causados por problema estruturais na usina hidrelétrica de San Francisco.

-Mercado não interpreta bem a saída de Antonio Francisco Lima Neto do comando do Banco do Brasil, mesmo após explicações de Guido Mantega, ministro da Fazenda.

-Standard & Poor's mostra que o número e empresas inadimplentes triplicou no ano.

-Tesouro dos Estados Unidos exige que a GM organize o pedido de falência. Ações tombam 16,18%.

-A SEC (CVM americana) acusa sete líderes religiosos em Nova York por fraude financeira. Os líderes prometiam aos fiéis retornos de 75% ao ano do capital doado, porém os valores eram desviados para gastos pessoais.

-Anatel aprova o fim da cobrança do ponto extra na TV paga e ações da NET sofrem forte queda.

-Papa Bento XVI: "cobiça é a causa desta crise econômica".

-Estado de emergência na saúde pública dos EUA é anunciado devido aos primeiros surtos de gripe suína.

-Homem de 40 anos é internado em Salvador com suspeita de gripe suína após viagem a Miami.

-Uma criança de 2 anos foi a primeira vítima da gripe suína nos Estados Unidos. Segundo autoridades de saúde do Texas, a criança viajou com sua família do México para Brownsville.

Maio

-Chrysler oficialmente entra em falência.

-Rumores a respeito de a Visanet retomar trabalhos para reorganizar sua IPO se espalham no mercado.

-Henrique Meirelles, presidente do Banco Central: "é preciso tomar muito cuidado para não se passar da depressão à euforia".

-Lula acredita que a gripe H1N1 não irá impactar na economia do Brasil.

-IPO da Visanet é registrada na CVM.

-Perdigão e Sadia oficializam fusão e criação da Brasil Foods.

-Lula envia comunicado onde descarta a possibilidade de recessão em 2009.

Junho

-Virada do mês é marcada por anúncio oficial de falência da General Motors.

-Cerca de 1.500 manifestantes protestam em frente ao gramado do Congresso Nacional contra a instalação da CPI da Petrobras e contestam o real motivo destas investigações.

-Novo poço do pré-sal é encontrado na área de Tupi e reforça ainda mais as expectativas sobre o potencial de todo o projeto.

-PIB brasileiro cai pela segunda vez seguida e configura Recessão Técnica no Brasil.

-Pane no serviço da Telefônica deixa milhares de consumidores sem telefone fixo.

-Estados Unidos passa por "blecaute analógico", onde começará a ser transmitido somente TV por sinal digital.

-O Supremo Tribunal Federal (STF) decide que é inconstitucional a obrigatoriedade do diploma para a profissão de jornalista no Brasil.

-BM&F encerra 119 anos de pregão viva-voz.

-Anatel proíbe Telefonica de vender serviço Speedy devido à péssima qualidade no serviço.

-CVM faz o descredenciamento de 19 corretoras para participação da IPO da VisaNet.

-Após bookbuilding, IPO da VisaNet emplaca como a maior do Brasil ao levantar R$ 8,397 bilhões.

-Presidente Luiz Inácio Lula da Silva: "pobre com um centavo estimula economia mais que rico".

-Apple confirma o retorno de Steve Jobs após passar por transplante de fígado e tirar licença médica.

http://bussoladefinancas.blogspot.com/

 

Blogger
imagem de Blogger
Posts: 3685
Joined: 2008-06-30
User is offline
Re: Da série: Recordar é Viver 2

Eis um resumo do segundo semestre deste ano de 2009:

 

Julho

- Festa de 15 anos do Plano Real, moeda criada em substituição ao cruzeiro real e que teve um principal objetivo: acabar com a hiperinflação.

- Desemprego nos Estados Unidos volta ao mesmo nível de 1983.

- Pesquisa realizada pela CNN mostra que quase metade dos americanos acredita que a economia dos Estados Unidos se estabilizou.

- Brasil já confirma 756 casos de Gripe Suína.

- Ministério Público Federal apresenta denúncia contra o banqueiro Daniel Dantas e executivos do Opportunity por lavagem de dinheiro, evasão de divisas, organização criminosa, entre outros crimes.

- Ministro do Planejamento, Paulo Bernardo, admite chance de crescimento zero em 2009.

- Petrobras emplaca a posição de 34ª maior empresa do mundo segundo a revista Fortune.

- General Motors anuncia saída de concordata após 40 dias.

- Luiz Inácio Lula da Silva em relação ao pré-sal: "Temos a faca e o queijo; vamos comer."

-Barack Obama a respeito da crise nos Estados Unidos: "apagamos o incêndio". O presidente crítica também bancos em não demonstrarem nenhum tipo de remorso ou mudança de comportamento em assumir riscos após a crise.

- COPOM corta a taxa Selic em 0,5 pontos percentuais, levando-a para 8,75% ao ano - o menor patamar desde sua criação em 1986.

- EUA proíbe eternamente vendas a descoberto.

 

Agosto

- Receita Federal começa uma investigação que irá envolver 1.481 pessoas físicas com suspeita de sonegar impostos em movimentações realizadas na Bovespa.

- Santander Brasil formalizou na CVM pedido para oferta primária de ações.

- Ministro Paulo Bernardo em relação à recuperação do Brasil: "Já estamos em franco processo de recuperação".

- Segundo o FMI (Fundo Monetário Internacional), a recuperação já começou.

- Polêmica em torno do Banco UBS ao anunciar que enviará aos Estados Unidos informações sobre 5.000 clientes norte-americanos com suspeita de sonegação de impostos.

- Polêmica em torno da nova CPMF, chamada Contribuição Social para a Saúde (CSS).

- Barack Obama anuncia que Ben Bernanke ficará na presidência do Federal Reserve (Banco Central dos Estados Unidos) por mais 4 anos.

- BM&F Bovespa e Nasdaq iniciam discussão para parceria estratégia, comercial e tecnológica.

- Após dois meses de suspensão, a Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) autorizou a venda do serviço de banda larga Speedy.

- Informação sobre poços vazios no pré-sal inunda polêmica nos mercados.

 

Setembro

- Lula apresenta marco regulatório do pré-sal e anuncia empresa que irá administrar o regime de partilha: Petro-Sal (Empresa Brasileira de Administração de Petróleo e Gás Natural S.A.).

- Abyara, Agra e Klabin anunciam fusão criando a Agre Empreendimentos Imobiliários.

- Copom mantém taxa Selic e é duramente criticado por diversos setores da economia.

- Revista americana The Economist, em relação ao pré-sal: "Dependendo de como for utilizada, essa nova riqueza pode ajudar o país a superar a pobreza e o subdesenvolvimento, ou exacerbar seu ímpeto gastador".

- Lula retira pedido de urgência constitucional relacionado aos projetos do pré-sal.

- Levantamento realizado pela Moody's e OCDE mostra que o Brasil foi um dos países com maior e mais rápida recuperação pós-crise.

- Barack Obama, presidente dos Estados Unidos, afirmou que não é necessário um segundo pacote econômico.

- Polêmica em relação à taxação de Imposto de Renda nas poupanças que ultrapassem R$ 50 mil.

- CVM não levará para frente idéia de exigir que empresas de capital aberto revelem o salário de seus executivos.

- Le Monde, jornal francês, publicou artigo onde diz que Lula acertou em cheio ao afirmar que a crise no Brasil não passava de uma "marolinha", uma vez que durou apenas 1 semestre.

- Projetos de lei relacionados ao pré-sal receberam 823 emendas parlamentares com o objetivo de alterar ou modificar novos dispositivos.

- Nome Petro-Sal destinado à administradora dos recursos do pré-sal poderá mudar, uma vez que já existe uma empresa com o registro desta marca no INPI (Instituto Nacional da Propriedade Industrial).

- Brasil recebe novo selo de Investment Grade pela Moody's.

- G20 se transforma no principal fórum econômico do mundo.


Outubro

- Greve dos bancários ainda continua.

- Rio de Janeiro foi confirmado como sede para os dos Jogos Olímpicos de 2016.

- IPO Santander emplaca o primeiro lugar como maior abertura de capital da Bovespa ao captar R$ 14,1 bilhões.

- Após 15 dias paralisados, bancários de São Paulo e Porto Alegre suspendem greve ao entrar num acordo para reajuste salarial de 6%.

- Barack Obama, presidente dos Estados Unidos, ganha prêmio Nobel da Paz.

- Citigroup eleva para 70.000 sua previsão de fechamento do Ibovespa em 2009.

- Governo cria nova medida para taxar a entrada de capital estrangeiro de curto prazo (para aplicações em renda fixa e ações) com IOF de 2% (Imposto sobre Operações Financeiras).

- No primeiro dia de cobrança da nova alíquota de IOF sobre capital estrangeiro, a Bovespa registrou uma saída de 1,26 bilhão de reais.

- Até então, mais de 100 bancos já fecharam as portas em 2009 nos Estados Unidos.

- BM&F Bovespa e Nasdaq assinaram um protocolo de intenções se comprometendo a desenvolver um sistema de ordens entre os EUA e o Brasil.

- Warren Buffett, acionista majoritário da Berkshire-Hathaway é visto como o melhor investidor do mundo, segundo uma pesquisa da Bloomberg.


Novembro

- Instituição financeira CIT Group pede concordata.

- Warren Buffett anuncia a maior aquisição em valores nominais da Berkshire Hathaway. Sua empresa irá comprar a ferrovia Burlington Northern Santa Fe por aproximadamente US$ 44 bilhões.

- O presidente do Banco Central Europeu (BCE) deixa sinais claros de que, já a partir do próximo mês, a autoridade monetária da zona euro irá começar a retirar os estímulos quase ilimitados que tem oferecido à economia para esta resistir à crise.

- Financial Times edita um caderno especial mostrando oportunidades de investimento no Brasil. O jornal acredita que o país é uma superpotência agrícola, entretanto destacou as deficiências na infra-estrutura e educação.

- Após nova taxação sob capital externo, algumas ADRs (ações de empresas brasileiras negociadas na bolsa de Nova York) já apresentam volume de negócios três vezes superior.

- Número de mulheres investidoras na Bolsa sobe quase 13% no último mês para 136.748, atingindo um total de quase 25% de participação. Os homens ainda são maioria, com aproximadamente 75% do total de investidores.

- São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Paraná, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Goiás, Bahia, Espírito Santo e o Distrito Federal sofrem blecaute geral nos sistemas de transmissão de energia elétrica.

- VisaNet anuncia que mudará de nome e se chamará Cielo por causa das mudanças regulatórias que visam ampliar a concorrência no setor de cartões. A empresa quer desvincular-se da associação com a marca Visa.

- Henrique Meirelles, presidente do Banco Central, afirma que existe maior probabilidade em ficar em seu cargo até dezembro de 2010. Entretanto poderá antecipar sua decisão para abril de 2010.

- Barack Obama, presidente dos Estados Unidos, afirmou que está preocupado com o déficit orçamentário do país e, como conseqüência, a economia norte-americana poderá afundar em uma nova recessão.

- Olivier Blanchard, economista-chefe do FMI, acredita que as economias emergentes estão em bolhas financeiras devido ao movimento incontrolável de capital para esses países.

- Dubai dá calote de US$ 59 bilhões e mercados desabam no mundo.


Dezembro

- Apesar da entrada de capital estrangeiro constante durante 2009 e os crescentes topos da bolsa no Brasil, alguns analistas começam a mudar de discurso e acreditam que, em breve, uma correção na bolsa será inevitável.

- Timothy Geithner, Secretário do Tesouro dos EUA, afirmou que o fim do programa de ajuda financeira concedido pelo governo durante a crise está próximo.

- Pão de Açúcar e Casas Bahia anunciam fusão.

- Mais dois bancos quebraram nos Estado Unidos. Já são 126 instituições financeiras que deixaram de existir por problemas decorrentes da crise este ano no país.

- A Globex foi indagada pela BM&F Bovespa a respeito das oscilações registradas na negociação de suas ações nos dias anteriores ao anúncio da compra do grupo Casas Bahia

- Bill Dudley, presidente do FED Nova York, sugere que seja limitado alavancagem do setor financeiro para controlar as bolhas financeiras.

- Pesquisa realizada pelo Ibope revela que 72% dos brasileiros acreditam que o Brasil não está sendo afetado pela crise.

- Prévia do PIB deste último trimestre decepciona investidores, que esperavam 2% ao invés de 1,3%.

- O governo de Abu Dhabi concede empréstimo emergencial de US$ 10 bilhões ao governo de Dubai para tampar o buraco causado por certas entidades do ramo imobiliário do país.

- Henrique Meirelles, presidente do Banco Central, se torna um possível candidato a vice-presidente de Dilma Rousseff.

- Trabalhador poderá agora investir 30% do saldo do FGTS em um fundo de renda variável chamado FIC-FGTS.

- Petrobras é isentada de todas as acusações que estavam inclusas na CPI iniciada em abril deste ano após a Receita Federal apontar irregularidades contábeis na redução no pagamento de impostos.

- Banco Central prevê um crescimento do PIB em torno de 5,8% para 2010.

http://bussoladefinancas.blogspot.com/

Blogger
imagem de Blogger
Posts: 3685
Joined: 2008-06-30
User is offline
DJIA: Checkpoint Held On!?



 
Dessa vez parece que preços têm se comportado de maneira mais ortodoxa. O raciocínio linear mostrou-se acertado dessa vez (rs). Não houve aparentemente sequer um fakeout acima do nosso checkpoint no DJIA: 10,5k. E nem no S&P500 (acima dos 1120). Mesmo considerando o fechamento nas mínimas, não arrisco dizer que um novo teste do limite inferior fique para amanhã. No último mês fechamentos em tom bearish no diário não têm tido followthru (continuação) no dia seguinte. Quando o range é largo o suficiente vale a pena comprar em área de suporte e vender na de resistência. Se esse range é pequeno melhor manter-se afastado. A volatilidade intraday está bem reduzida. E brevemente teremos uma boa esticada de preços. Fico imaginando se o tal fakeout dos 10,5k não virá com esse movimento, o que forçará os mais agressivos bears, em choque, a zerarem posições. Nesse momento nem os indicadores contrários, mais para terreno neutro, indicam alguma direção.
 
Áreas de demanda mais notórias estão assinaladas nos chart acima.
[Tem sido curiosa a resiliência do mercado de equities diante de dias de rally no USD.]

http://marketsbyfactfinder.blogspot.com/

 

Blogger
imagem de Blogger
Posts: 3685
Joined: 2008-06-30
User is offline
As horas passam e a aflição aumenta. Lideres negociam
COP15


Nestas horas finais de expectativa e ansiedade, toda hora aparece uma versão do documento final. Cada versão é menor do que o outro, e mais fraco. Compromissos acertados, começam a ficar menos firmes. A sensação é ruim. Os presidentes continuam trabalhando em salas de reuniões dentro da representação da Dinamarca. Os jornalistas cansados de correr atrás de chefes de estado que falam pouco, entrevistam-se uns aos outros para saber como eles viram as declarações do presidente Obama, ou como é a visão de cada país na questão mudança climática.

As coisas continuam paradas em dois pontos: metas e dinheiro. Quais serão as metas de redução dos gases de efeito estufa. Quanto dinheiro os ricos porão no fundo de combate às mudanças climáticas. Há conflitos paralelos, como por exemplo, o conhecido pela sigla MRV, que é em suma se as ações dos países para combater a mudança climática podem ser comparadas, se serão submetidas a fiscalização internacional ou se serão verificadas. A China não gosta e isso virou um ponto de tensão entre Estados Unidos e China.

Numa das versões recentes do texto final sumiu o compromisso de fazer um acordo com força de lei em 2010 que era uma das possibilidades conforme se pode ver na entrevista com José Manuel Durão Barroso, presidente da Comissão Européia que voce poderá ver neste blog.

Outro ponto central de discussão é se houver acordo de que forma ele sera apresentado. A idéia que está na mesa é a de uma declaração política dos presidentes que agregue os dois acordos negociados aqui: a renovação dos compromissos de Kioto e um novo acordo com as ações de longo prazo.

http://oglobo.globo.com/economia/miriam/

Blogger
imagem de Blogger
Posts: 3685
Joined: 2008-06-30
User is offline
Price action que faltava








Charts autoexplicativos.

 

Blogger
imagem de Blogger
Posts: 3685
Joined: 2008-06-30
User is offline
Abertura


Os mercados tentam manter o atual “modelo” de oscilações diárias alternadas: se ontem predominou o pessimismo (sob a ridícula desculpa de que o Fed poderia antecipar a alta dos juros básicos...), hoje se tenta um repique, em cima de alguns bons resultados corporativos e duma inesperada alta da confiança alemã nos negócios. No Japão, o Nikkei225 caiu de novo, 0,21%. Na Europa, a abertura foi forte, mas agora o Stoxx50 está com levíssima alta de 0,1%. Nos Estados Unidos, o futuro do S&P500 também esteve mais alto e agora oscila em torno de +0,3%. O dólar mantém os fortes ganhos de ontem, persistindo ajustes negativos nas comodities em geral, exceto o petróleo, que ganha preço com as primeiras nevascas fortes da estação no Hemisfério Norte. Por aqui, com bom volume, a Bovespa prosseguiu na baixa acelerada que havia começado na hora final do pregão anterior; o destaque foi o saldo vendedor das corretoras internacionais, por ter sido devido a uma venda maciça em VALE5, que foi de longe a mais negociada do dia. O aluguel de ações de Petrobrás subiu ligeiramente (o de VALE5 diminuiu um pouco) e a posição comprada por investidores estrangeiros no futuro do índice recuou mais, de 33 para 31 mil contratos (metade de alguns dias atrás...). A posição comprada pelos mesmos investidores no dólar futuro subiu de 66 para 87 mil contratos. No pré-pregão, o novo Fut. Fevereiro está subindo 0,2%, com volume de 4,3 mil contratos.

 

 

Blogger
imagem de Blogger
Posts: 3685
Joined: 2008-06-30
User is offline
Ibovespa 17/12/2009


A queda desta quinta-feira pode ter assustado, mas não foi suficiente para representar uma mudança de tendência, nem esgota a possibilidade de novas quedas. Não há a formação de uma figura de reversão, a exceção da proximidade do TH que, como já foi dito, acentua a instabilidade do índice. O primeiro suporte importante a ser testado será os 66 mil pontos. Abaixo deste ponto temos uma mudança de tendência para o curto prazo, pela perda do suporte, da LTA e da 50MM. Portanto, é fundamental que esse suporte seja mantido. Também é importante observar a trajetória do dólar, que mantém uma relação inversa com o Ibovespa (em caso de alta, teremos queda no Ibovespa).

 

Blogger
imagem de Blogger
Posts: 3685
Joined: 2008-06-30
User is offline
FED foi a desculpa, mas a razão é o medo!


PessoALL,

Ontem e  Anteontem, a BOVESPA caiu forte. Muitos atribuíram a queda ao anúncio do FED, Banco Central dos EUA, que manteve a taxa de juros em praticamente 0% ao ano, e comunicou que há evidências de que a economia americana melhora, o que para muitos foi interpretado como um indício de que poderá antecipar a retirada dos estímulos à economia.

Pois bem, especialmente em relação ao FED, os receios de um aperto monetário nos EUA antes do esperado não fazem muito sentido, apenas 24 horas depois que o comunicado do FOMC reafirmou o compromisso de manter as taxas de juro em níveis excepcionalmente baixos por longo período de tempo para dar suporte à economia norte-americana. É claro que os investidores estão (e continuarão) muito preocupados com o momento da retirada dos estímulos que permitiram ao mundo superar a fase mais aguda da crise global. Mas cada coisa no seu tempo... Do mesmo modo, o downgrade da Grécia não é um problema para contagiar o crédito de toda Zona do Euro, como exageraram alguns analistas. O motivo real chama-se MEDO, medo de perder o tempo certo de sair, e ver as ações caírem vertiginosamente.....

Mais do que o FED ou a Grécia, ao medo ver o que está contando mesmo é o MEDO do investidor, que não quer pôr a perder o que já conseguiu ganhar este ano (e não foi pouco), depois de ter conhecido o inferno de Dante na crise. Trata-se de uma realização de lucros baseada na redução da exposição ao risco, o que é natural, afinal dinheiro bom é dinheiro no bolso.


E COM ISSO TUDO

A queda das commodities metálicas pesou sobretudo para VALE, que teve as maiores perdas entre as blue chips. VALE PNA caiu 3,42%, cotada a R$ 41,45, e a ON, -3,10%, a
R$ 48,41. As siderúrgicas foram na mesma direção: Gerdau PN, -2,07%; Metalúrgica Gerdau PN, -2,46%; Usiminas PNA, -0,97%; e CSN ON, -0,91%...

PETROBRAS também sentiu o efeito do ambiente negativo do dia, embora o petróleo tenha registrado perdas menores, nesta quinta-feira. PETRO PN caiu 2,61%, a R$ 36,87, e ON, 2,33%, R$ 41,41.


DAQUI PARA FRENTE?

A recomendação é atenção, remar contra a maré e tentar adivinhar o fundo do poço é perigoso, melhor esperar ao menos passar o vencimento das opções, na próxima segunda, dia 21/12, pois a volatilidade pode seguir ditando as regras até lá, ao menos. A partir daí poderemos ter um cenário um pouco mais nítido para um posicionamento mais claro.

BON$ INVE$TIMENTO$
 

 

Blogger
imagem de Blogger
Posts: 3685
Joined: 2008-06-30
User is offline
Ata do Copom:

Sobe o tom de preocupação com estímulos econômicos

A ata do Copom divulgada há pouco ainda não foi enfática o suficiente para indicar um aumento dos juros num horizonte de curto prazo, mas revela uma preocupação crescente dos diretores do Banco Central (BC) com os estímulos monetários, fiscais e creditícios injetados pelo governo na economia.

"O Comitê entende que decisões sobre a evolução da taxa básica de juros têm que levar em conta a magnitude dos estímulos introduzidos na economia, cujos impactos sobre diversos indicadores econômicos ficarão evidentes ao longo do tempo (...)".

Em relatório, a Rosenberg & Associados entende que ao mesmo tempo em que não sinaliza de forma enfática um aumento dos juros em curto prazo, o BC deixa as portas abertas para uma possível ação da autoridade monetária. No curto prazo, a ata vê inflação controlada.

Em entrevista na semana passada ao blog, o ex-presidente do Banco Central Gustavo Franco fez um alerta: ele disse que a "gastança" do governo forçaria a taxa de juros no Brasil para cima. Ele chamou ainda os gastos do governo de "gastança pró-cíclica de intuito eleitoral".

Em suma a ata dá o tom que o comunicado havia antecipado: trouxe uma avaliação mais positiva do quadro internacional e da atividade doméstico. Fala, por exemplo, em quadro mais consolidada de recuperação da economia interna.

Uma novidade foi que o BC suprimiu da ata o trecho em que alertava sobre bolhas na economia internacional. O trecho alertava sobre a reprodução agora dos mesmos "desequilíbrios observados no período anterior à crise de 2008.

Miriam Leitão

Opções de exibição de comentários

Escolha seu modo de exibição preferido e clique em "Salvar configurações" para ativar.

Warning: Duplicate entry '4465481' for key 1 query: INSERT INTO watchdog (uid, type, message, severity, link, location, referer, hostname, timestamp) VALUES (0, 'php', '<em>Duplicate entry &amp;#039;6211661&amp;#039; for key 1\nquery: INSERT INTO accesslog (title, path, url, hostname, uid, sid, timer, timestamp) values(&amp;#039;Monitor dos Blogs&amp;#039;, &amp;#039;node/370&amp;#039;, &amp;#039;&amp;#039;, &amp;#039;54.162.69.178&amp;#039;, 0, &amp;#039;2bed1aaff2b031100441b1b53e72baff&amp;#039;, 574, 1495995895)</em> em <em>/home/monitori/public_html/forum/includes/database.mysql.inc</em> na linha <em>172</em>.', 2, '', 'http://www.monitorinvestimentos.com.br/forum/?q=node/370', '', '54.162.69.178', 1495995895) in /home/monitori/public_html/forum/includes/database.mysql.inc on line 172