Colocou só a cabecinha...

: Function split() is deprecated in /home/monitori/public_html/forum/sites/all/modules/advanced_forum/advanced_forum.module on line 320.
polycrav
imagem de polycrav
Posts: 2672
Joined: 2008-07-03
User is offline
Colocou só a cabecinha...
 
Esse IBOV não presta! haha
 

 


polycrav
imagem de polycrav
Posts: 2672
Joined: 2008-07-03
User is offline
Re: Colocou só a cabecinha... e recolheu! rs
 
 

 

Seagull
imagem de Seagull
Posts: 6031
Joined: 2008-01-22
User is offline
Re: Colocou só a cabecinha...

Poly escreveu:
Vocês querem STOP! pra que? rs

 

Poly,

Stop é bom sim... às vezes salvador. Em qualquer ponta ou situação ele te poupa de muito prejuízo quando a coisa não funciona.  Dependendo da estratégia e timeframe, simplesmente não dá para operar sem ele. Mas também te sujeita aos violinos. O que vc prefere? Já sei: ganhar dinheiro de qualquer forma! :-)

Abs ^v^

polycrav
imagem de polycrav
Posts: 2672
Joined: 2008-07-03
User is offline
Re: Re: Colocou só a cabecinha...
 
Ahh Sea...
 
Por que você está falando em STOP logo agora? rss
 
Às vezes eu não entendo porque muitos ficam "de fora", olhando, perdendo o rally em diversos "ativos", quando se tem uma arma PODEROSA como o STOP! disponível a um risco de 1-2% (conforme se estabeleça).
Acho que é um risco bastante "aceitável" em troca de ganhos "generosos" :-)
 
E como é que fica se continuar subindo, por exemplo, até os 100.000 pts? (Com algumas paradas e correções pelo meio, é claro).
 
Qual seria a hora de "entrar"?
 
Como se estabelece isso?
 
Isso é que eu chamo de violinofobia!! Acho que tem gente tendo pesadelos com violinos enormes, indo e voltando na vara!!! hahahaha
 
Eu me divirto!!

 

Seagull
imagem de Seagull
Posts: 6031
Joined: 2008-01-22
User is offline
Re: Re: Re: Colocou só a cabecinha...

Poly,

Eu não estou falando "só" agora. Estou respondendo sua pergunta da postagem mais abaixo.

Você faz muito bem em seguir conforme o seu perfil. Estamos tratando de coisas distintas. Diferentes timeframes, aquela história de investimento e especulação. Em agumas situações envolvendo ativos, com vistas ao longo prazo (?), de fato, pode não haver necessidade de colocar nenhum limitador previamente armado, ainda mais se tiver com bastante gordura. Existem outros recursos para defesa e proteção do patrimônio.

Mas para operar os índices, nas duas pontas, isso é indispensável. Violinos e varas curtas não são problemas, o que pega é ficar se distanciando do mercado e correndo atrás do preço. 

E este conceito de ficar "de fora" também depende de como vc administra suas estratégias e faz a gestão do capital. Não basta apenas acertar a hora de entrar e perder o momento de sair. Entrando ou saindo, eu não gosto de devolver lucros, nem deixar o tamanho da perda aumentar. Mas isto é um opção pessoal.

Como eu sempre digo, às vezes, o pouco de uns é muito para outros. Nos lotes, na aferição dos ganhos e/ou prejuízos. Para quem fica apenas pelo virtual qualquer coisa serve, o dinheiro na conta não mexe, e o risco é zero. Melhor se divertir mesmo...

Abs ^v^

polycrav
imagem de polycrav
Posts: 2672
Joined: 2008-07-03
User is offline
Re: Re: Re: Re: Colocou só a cabecinha...
 
Easy my friend!
 
Esse "virtual" foi comigo? Não sei. A diversão sei que foi. rs
 
Respeito todas as estratégias e perfis. Não fique chateado. Só estou querendo entender certos comportamentos... especialmente de quem fala tanto de stop e parece que não usa ou não confia. Ou melhor, não aplica o que propaga.
 
Se existe a ferramenta, por que não usar??? Ficar de "fora", esperando... ahhh aí virar torcedor"!
 
Se vc "está" no mercado, use as armas! Acha que é lucrativo? Participe! Assuma riscos!! (calculados e planejados).
 
Virtual aqui só minhas "provocações" contestadoras que tem o objetivo de aprender mais.
 
Agora, o aprendizado e os ganhos não são virtuais naum! Só não vou aqui ficar mostrando "boletas" e valores. Pra quê?
 
O ganho, o real, o virtual, pertence a cada um.
 
A diversão tambem!
 
Abs,

 

profiteer
imagem de profiteer
Posts: 387
Joined: 2009-06-09
User is offline
Re: Re: Re: Re: Re: Colocou só a cabecinha...

Polystation (rs), você em outros tópicos disse que não usava stop. Você mudou de estratégia ou o seu uso é de acordo com o perfil da investiculação?

polycrav
imagem de polycrav
Posts: 2672
Joined: 2008-07-03
User is offline
Re: Re: Re: Re: Re: Re: Colocou só a cabecinha...
 
 Mudei não Profit. Meu modelo de "stop" é, e continua a ser, o mesmo que o Abaco postou logo abaixo.
 
A minha "provocação" (no melhor dos sentidos, provocação no sentido de gerar debates e trocas de idéias) é com aqueles que propagam o uso do Stop como ferramenta de proteção e gestão do risco (o que acho válido) e ficam de fora das oportunidades que surgem graficamente com frequencia.
 
Ahhh se eu utilizasse o stop assim! Bricaria muito mais! Me "aventuraria" muito mais! Me divertiria (talvez) muito mais! rss
 
PS: Agora quando se mexe em micos e micões (especulapoly) tem que estabelecer um STOP! Senão...
 
Abs,

 

Seagull
imagem de Seagull
Posts: 6031
Joined: 2008-01-22
User is offline
Re: Re: Re: Re: Re: Re: Re: Colocou só a cabecinha...

Eu ainda não entendi quem são "aqueles" que vc está se referindo, ou o que está sabendo a mais sobre uso de stops e perda (?) de oportunidades por parte dos outros. A sua bola de cristal consegue enxergar as operações de todos os colegas, ou vc acha que tudo que se faz é postado em fóruns como um diário de bordo?

Poly, pagar stop, assim como levar um violino, acertar, errar, ganhar ou perder são coisas normais para quem opera RV. Sinceramente, não vejo nada demais nisso. Como eu repeti, essas coisas só não acontecem com quem não opera. Ou investe sem metas e fica sentado em cima de suas ações pela eternidade esperando a hora de morrer para deixar herança para os filhos.

No meu caso, que não serve de exemplo para quem tem outro perfil operacional, tomar stop, ouvindo ou não um violino, faz com que os erros sejam mais facimente assimilados. Mesmo que depois a coisa mude, paga-se pouco para fortalecer a disciplina. E sempre haverá muitas outras chances de ganhar de novo. O que não pode é ficar na torcida e comprometer todo o capital.

Mas enfim, um fórum serve para este tipo de debate, e qualquer opinião tem que ser mesmo respeitada.

Abs ^v^

polycrav
imagem de polycrav
Posts: 2672
Joined: 2008-07-03
User is offline
Re: Re: Re: Re: Re: Re: Re: Re: Colocou só a cabecinha...
 
Mas é isso Sea!
 
Vamos esclarecer. "Aqueles" refere-se a todos que utilizam de forma sistemática ou não o STOP. Ou que estão sempre defendendo o seu uso sistemático como um acessório operacional indispensável.
 
Pagar stop faz parte sim. Claro! Violino tb. É normal...
 
Só não entendo porque não "entrar" em algumas oportunidades "evidentes" (vamos falar aqui de AT) correndo um baixo risco do stop. Optar ficar de fora, achando que está "caro", que é "topo", que "subiu demais" etc... Proteção? Excesso de zelo? Falta de confiança na AT? Medo? Não sei... 
 
Volto a repetir. E se subir até os 100.000 pts? (com as devidas correções), o que fazer? Quando entrar? Vai estar sempre caro, "esticado demais", etc.
 
Não estou questionando, não estou criticando ninguém, nenhuma estratégia. Só estou querendo entender. E quero ressaltar: Comparado a alguns, considero-me novato e amador. Você, por exemplo, já operava como gente grande quando eu ainda brincava de Body board e Sand board nas praias do Icaraí, Cumbuco e adjacencias...
 
Abs,

 

Seagull
imagem de Seagull
Posts: 6031
Joined: 2008-01-22
User is offline
Re: Re: Re: Re: Re: Re: Re: Re: Re: Colocou só a cabecinha...

Certo Poly.

Mas não entrar em que? Encher a mão de papeis?

Eu seria hipócrita se ficasse aqui incentivando a turma a entrar firme na compra a esta altura, torcendo para a bolsa continuar subindo até 1 milhão de pontos, quando na verdade minha cabeça aponta para outro cenário.

Certamente eu iria agradar mais os leitores, escrevendo aquilo que a maioria quer ler, "vendendo" esperanças. Otimista eu sou sempre com a minha performance. Com relação ao mercado eu procuro ser o mais realista possível. Não torço por A ou B. Minha única torcida é pelo sucesso dos amigos, que em nada vai influenciar os meus resultados. Os seus ganhos comentados são, basicamente, motivos de enorme satisfação para mim.

Já expliquei que meu objetivo aqui não é ficar bilionário, é simplesmente remunerar o capital, sem muito stress - vc confunde isso: a quantidade de trades, para mim, pesa menos do que manter uma posição grande.

O mercado permanece em alta, ótimo, melhor assim; eu, neste momento, ainda prefiro continuar na minha estratégia de tiros curtos, carregando poucos papeis, e girando... com alguns ativos, em opções, nos índices, mas nada disso importa nos resultados dos demais, nem quero influenciar as decisões de ninguém, por este motivo não fico alardeando meus trades. E eles incluem alguns stops sim, perdas pequenas, ganhos, nada de excepcional, mas que me faz sentir confortável.

Para o meu perfil tanto faz se a bolsa subir ou cair, estarei sempre alternando as pontas, entre compras e vendas, entradas e saídas, coisas absolutamente normais para a filosofia que eu adoto. Se estou ganhando aquém ou além do que poderia, isto não me incomoda.

Como te falei certa vez, são raros os momentos em que fico com exposição elevada em ações. Da última vez que isto aconteceu foi no final da queda, quando o Ibovespa passou de 40k para baixo. E eu continuei comprando o pânico, porque tinha convicção de que estava tudo barato, e mesmo que o mercado ficasse em baixa por muito tempo eu teria condições de ir aumentando os lotes. O que vimos foi uma recuperação mais rápida do que qq um pôde imaginar no cenário mais otimista.

Hoje eu vejo as coisas diferentes, de forma parecida como foi em meados de 2008. O patrimônio teve uma valorização considerável, eu realizei os ganhos, e o mercado se manteve subindo. Até quando? Isto me fez questionar várias vezes, achando que estava perdendo o "melhor da festa". Mas na hora que tudo virou, eu estava bastante líquido, com reservas e margens para vender.

Não é "vender" aquilo que comprei... isto para mim significa realizar! Foram vendas na própria concepção da palavra. Vendas no índice, lançamento de opções, papeis alugados, e o que mais se oferecesse para ganhar também na tendência de queda.

Agora as alternativas aumentaram ainda mais. Tenho novas frentes para operar, uma maior diversificação, margens para cobertura, etc. E deixa o mercado seguir seu rumo, pois se eu tentar contrariá-lo só existem duas hipóteses: ganhar ou stopar - consequências naturais. Mas vc também sabe que eu prefiro perder um pedaço do movimento do que acertar os limites extremos. Operando por faixas dificilmente vou ficar procurando as máxima ou mínimas, mas se elas me acertarem também não vou reclamar! ;-)

Acho que escrevi demais... e se ainda assim não ficou claro foi mesmo por falta de poder de síntese.

Abs ^v^

profiteer
imagem de profiteer
Posts: 387
Joined: 2009-06-09
User is offline
Re: Re: Re: Re: Re: Re: Re: Colocou só a cabecinha...

Certo, é o stop ao seu talante. E não o stop mecânico.

Só que saídas à gosto são procedidas por entradas à gosto (senão seria um contrasenso, ou indisciplina). Ou seja, sem seguir um plano lógico ou setup (de ferramentas de AT) pré-determinado. Eu não me sinto confortável com isso, pois na teoria parece bonito (não violinar, aproveitar o movimento, etc), mas na prática você vira refém do mercado.

É aquela tal coisa: melhor ter confiança do que esperança.

polycrav
imagem de polycrav
Posts: 2672
Joined: 2008-07-03
User is offline
Re: Re: Re: Re: Re: Re: Re: Re: Colocou só a cabecinha...
 
Naum! Naum! Profit.
 
Refém de jeito nenhum! Tudo depende da escolha, do planejamento e do perfil.
 
Se vc opta, por exemplo, por investir em uma empresa que está com o DY de 12%, madura e estável, com faturamento "previsível" e ainda pode algar essas ações por uns 4-5%aa precisa preocupar-se com as cotações? Ainda pode se dar ao luxo de vender se subir demais ou comprar mais se cair!
 
Agora se escolheu uma empresa de valor e estudou bem os fundamentos e o momento de entrada, vá em frente! a saída tem que ser de forma "relaxada". Aguente as pontas!
 
Para os casos de ganhos exclusivos com oscilaão dos preços, tem que ser seguindo a tendência do mercado. Escolha um ponto de entrada e saia quando a tendênca mudar. Pronto! Cada um que estabeleça seu limite, seu ponto de saída. Pode ser uma MM, um % de queda, uma fibo, um ou dois indicadores, etc...
 
Se a escolha foi especulativa aí prepare-se para fortes emoções! Estabeleça um limite para perder e segure no rabo da macaca! Exemplo: Hoje comprei INPR3 puramente por AT. A empresa é um lixo de acordo com os parametros fundamentalistas. Estabeleci um limite para queda e vou acompanhar...
 
Abs,

 

Seagull
imagem de Seagull
Posts: 6031
Joined: 2008-01-22
User is offline
Re: Re: Re: Re: Re: Re: Re: Re: Re: Colocou só a cabecinha...

Tem mais: o stop ajuda, é melhor do que nada, mais não é um recurso 100% confiável.

Principalmente quando inserido no modo automático. Qualquer GAP pode engolir uma ordem de stop.

O que vale mesmo é a gestão e um efetivo o controle das operações e estratégias, bem de perto.

Para quem não pode acompanhar o mercado com frequência, isso fica mais complicado.

 

polycrav
imagem de polycrav
Posts: 2672
Joined: 2008-07-03
User is offline
Re: Re: Re: Re: Re: Re: Re: Re: Re: Re: Colocou só a cabecinha.
 
Correto e bem lembrado!
 
Por isso não uso no modo automático.
 
Prefiro o polymático. Não confundir com problemático! :-)

 

profiteer
imagem de profiteer
Posts: 387
Joined: 2009-06-09
User is offline
Re: Re: Re: Re: Re: Re: Re: Re: Re: Colocou só a cabecinha...

Se vc opta, por exemplo, por investir em uma empresa que está com o DY de 12%, madura e estável, com faturamento "previsível" e ainda pode algar essas ações por uns 4-5%aa precisa preocupar-se com as cotações? Ainda pode se dar ao luxo de vender se subir demais ou comprar mais se cair!

Sim, porque neste caso usou-se a AF, o que não precisa necessariamente de "setup" (falando em AT) de entrada. Por derradeiro, não é preciso usar o stop mecânico de saída. Isso não quer dizer que você não tem que "abondonar o barco" quando a coisa começar a afundar, pois dividendo pra mim é especulação do mesmo jeito, a qualquer momento a empresa pode quebrar/ parar de distribuir. (necessário gerir a carteira logicamente)

Para os casos de ganhos exclusivos com oscilaão dos preços, tem que ser seguindo a tendência do mercado. Escolha um ponto de entrada e saia quando a tendênca mudar. Pronto! Cada um que estabeleça seu limite, seu ponto de saída. Pode ser uma MM, um % de queda, uma fibo, um ou dois indicadores, etc...

Este é o ponto, e ao qual me referi. Quem entra no papel pra ganhar na oscilação de preços necessariamente tem que saber o momento certo de entrar usando a AT. E quem sabe o momento certo de entrar é porque usou um sistema (ou setup) de análise pré-determinado. Portanto, esse mesmo sistema pré-determinadamente já avisa quando terá que sair.

Por isso, a questão da confiança, pois se você não sair naquele momento ou não obedecer o tranding system na saída, acabou disciplina. (Regras Objetivas)

Se a escolha foi especulativa aí prepare-se para fortes emoções! Estabeleça um limite para perder e segure no rabo da macaca! Exemplo: Hoje comprei INPR3 puramente por AT. A empresa é um lixo de acordo com os parametros fundamentalistas. Estabeleci um limite para queda e vou acompanhar...
 
Essa eu não vou responder, pois é a mesma da resposta acima. Ademais, quem gosta de lixo é lixeiro (atenção, eu não disse gari! pelamor) e quem gosta de mico é circo ou zoológico.

 

polycrav
imagem de polycrav
Posts: 2672
Joined: 2008-07-03
User is offline
Re: Re: Re: Re: Re: Re: Re: Re: Re: Re: Colocou só a cabecinha.
 
Dividendo é especulação??
 
  • Depende da empresa;
  • Depende do setor;
  • Depende do que vc considera especulação.
Agora, tudo requer conhecimento, informação e acompanhamento. É claro.
 
Outra coisa. Pode-se utilizar AF combinada com AT. Faço isso frequentemente. Por isso, no primeiro caso, a AT pode (e deve sob minha ótica) ser utilizada para balizar as entradas e saídas.
 
Polyxeiro - Mais feliz do que pinto no lixo! rs

 

Seagull
imagem de Seagull
Posts: 6031
Joined: 2008-01-22
User is offline
Re: Re: Re: Re: Re: Colocou só a cabecinha...

Eu conheço seu estilo, Poly. Sei que vc investe de verdade.

O virtual é genérico, a diversão que é garantida!

Abs ^v^

Seagull
imagem de Seagull
Posts: 6031
Joined: 2008-01-22
User is offline
Re: Re: Re: Re: Re: Re: Colocou só a cabecinha...

... mas essa torcida para quem está dentro ou do lado de fora não é igual? Igualmente sem sentido! ;-)

 

Abaco
imagem de Abaco
Posts: 325
Joined: 2009-02-26
User is offline
Re: Re: Re: Colocou só a cabecinha...

polycrav escreveu:

 
Ahh Sea...
 
Por que você está falando em STOP logo agora? rss
 
Às vezes eu não entendo porque muitos ficam "de fora", olhando, perdendo o rally em diversos "ativos", quando se tem uma arma PODEROSA como o STOP! disponível a um risco de 1-2% (conforme se estabeleça).
Acho que é um risco bastante "aceitável" em troca de ganhos "generosos" :-)
 
E como é que fica se continuar subindo, por exemplo, até os 100.000 pts? (Com algumas paradas e correções pelo meio, é claro).
 
Qual seria a hora de "entrar"?
 
Como se estabelece isso?
 
Isso é que eu chamo de violinofobia!! Acho que tem gente tendo pesadelos com violinos enormes, indo e voltando na vara!!! hahahaha
 
Eu me divirto!!

 

Parabéns Poly. Disse tudo!! Stop existe para isso. Eu mesmo já perdi altas fabulosas acreditando que tudo estava caro e que era loucura entrar, enquanto o mercado continuava subindo. Stop existe para isso, para que quer desfrutar da alta e sair no melhor momento. Eu não uso stop, espero por reversão clara do mercado, via AT, o que acaba dando no mesmo (mas reduz o número de entradas e  saídas).

www.soroban.blogspot.com

Os cães ladram e a caravana passa.

Seagull
imagem de Seagull
Posts: 6031
Joined: 2008-01-22
User is offline
Re: Re: Re: Re: Colocou só a cabecinha...

Heheh... Abaco, nada mais que você escreva será surpresa para mim.

De fato suas características e conhecimentos são notáveis.

Para alguém que nunca teve prejuízo na bolsa, e a pior operação da vida foi empatar com a Braskem, perder "altas fabulosas" deve ter sido muito doloroso mesmo. Mas certamente somou bastante na sua experiência atual.

Grande abraço ^v^

 

PS: esta referência final tem alguma coisa a ver com aquele Dr. Professor de Opções ou também é genérica? rs

Opções de exibição de comentários

Escolha seu modo de exibição preferido e clique em "Salvar configurações" para ativar.