Aprendizados

Persistência e Teimosia

27/04/2008



DIFERENÇA ENTRE PERSISTÊNCIA E TEIMOSIA


Num seminário com mais de 600 empresários uma discussão tomou conta dos participantes.


Eles me perguntavam: até quando você deve persistir com uma idéia, com um negócio ou com uma empresa, antes de desistir?


Foram inúmeros os depoimentos de empresários que persistiram muito? Chegaram a "quebrar" mais de uma vez ? Antes de vencer e conseguir sucesso.


As dificuldades, por eles relatadas, foram imensas. Houve momentos em que eles estavam querendo "jogar a toalha" e desistir.


Não viam saída alguma para o "buraco" em que estavam...Numa análise mais profunda que fizemos com eles próprios, tendo como base os exemplos de vida concreta de cada um, fizemos com que eles percebessem que a persistência?


Que os fez vencedores? Foi muito mais com o método de trabalho,com a força da vontade, com a busca de caminhos alternativos, do que uma teimosia em repetir, sem parar, a mesma coisa, com os mesmos erros, com as mesmas pessoas até dar certo.


Eles não desistiram frente aos obstáculos, mas buscaram alternativas válidas, pessoas mais experientes, mercados mais disponíveis formam mais simples? Até que atingiram seus objetivos. Depois que os fiz ver a diferença entre persistência e teimosia eles próprios passaram a relatar? Pela própria experiência?


Que enquanto foram teimosos não tiveram sucesso. Enquanto insistiram nas mesmas fórmulas, com as mesmas pessoas, com os mesmos parceiros de insucesso, só viam o fracasso crescer, o buraco aumentar.


Os vencedores são persistentes, mas não são teimosos. Percebem quando mudar, como mudar, com quem prosseguir num novo caminho. Não ficam "dando murros em ponta de faca" como diz o ditado. Mudam com rapidez.


Mudam com determinação. Porém são persistentes na vontade, no querer, na visão de sucesso, na busca de alternativas, na busca de companheiros e parceiros leais. Erram muito, são enganados, passados para trás muitas vezes.


Mas não se deixam abater e contabilizam isso tudo numa conta de "experiência" que os faz ainda mais fortes. E nós, o que somos? Persistentes ou Teimosos?


Lembre-se que o mundo é dos persistentes e não dos teimosos.


Autor: Professor Luiz Marins, antropólogo e consultor.





Confira também o nosso FAQ (Questões mais Frequentes).