Aprendizados

Cãmbio internacional de moedas

23/11/2008


O câmbio é uma operação financeira caracterizada pela troca da moeda de um país pela moeda de um outro. É um elemento do sistema monetário internacional, com o objetivo de facilitar as transações entre paises.

 

Foi regulamentado durante a Conferência de Bretton Woods. Em 1976, com os Acordos da Jamaica, a comunidade internacional abandonou esse sistema e legalizou as taxas de câmbio (preço de uma moeda em relação à outra) flutuantes.

 

Existem várias formas de regimes cambiais, mas a taxa de câmbio é determinada em um país. Os mais utilizados são os câmbios fixo e o flutuante. No regime de taxas fixas, o Banco Central se compromete a comprar e vender moeda estrangeira (a um preço fixo em geral o dólar) a um preço fixo expresso em moeda nacional. Esse preço pode de referência pode sofrer alterações ou pode permanecer inalterado, isso vai depender da decisão do Banco Central.

 

No regime flutuante (flexível) a taxa de câmbio oscila exclusivamente em função da oferta e demanda no mercado. O Brasil até 1999, possuía um regime de cambio fixo. Naquela época, US$ 1 valia R$ 1.

 

Atualmente, vivemos um regime de câmbio flutuante, isto é, o preço do dólar varia de acordo com a oscilação do mercado.

 

Fonte: Brasil Escola 





Confira também o nosso FAQ (Questões mais Frequentes).