Aprendizados

A Lei da Oferta e Procura

23/11/2008


A Lei da Oferta e da Procura (Demanda) busca estabilizar a procura e a oferta de um determinado bem ou serviço. Oferta é a quantidade do produto disponível em mercado, enquanto procura é o interesse existente em relação ao mesmo. A oferta depende do preço, da quantidade, da tecnologia utilizada na fabricação entre outras coisas relacionadas aos produtos e serviços. A procura é influenciada pela preferência do consumidor final, a compatibilidade entre preço e qualidade e a facilidade de compra do produto.



O fator determinante para a procura de um determinado bem ou serviço deixou de ser o preço, pois o mesmo sofre alterações por causa de qualquer desequilíbrio entre a oferta e a procura. Dessa forma, pode-se dizer que o preço de algo é determinado pelo próprio consumidor, pois quando esses passam a buscar mais um produto qualquer, o produtor eleva o seu preço, fazendo com que o consumidor pague mais se deseja adquirir o mesmo. Em contrapartida, quando um produto não é mais procurado o produtor é estimulado a deixar de produzi-lo para que não tenha despesas em relação à oferta sem demanda.



O preço de um bem ou serviço é fixado levando em consideração a relação entre a procura e a necessidade do consumidor final e, ainda, os custos gerados na fabricação e o tempo gasto em sua produção. Os fatores que influenciam o consumidor final a procurar um determinado produto são as necessidades em relação ao mesmo, o poder de compra, a concorrência, a qualidade, a satisfação do cliente entre outros.

 

 

Representação Gráfica

 

O preço não reflete apenas o custo de criação de um produto ou serviço. A base desta lei vem para citar os dois fatores que influem no preço de um produto, fator quantitativo e qualitativo.

 

 

 

Valores qualitativos: valor não expressado diretamente em número, pode ser atribuído a um crescimento de consumo em algum produto, que por sua vez pode ser devido a monopólio natural(concessionárias de energia elétrica), necessidades e desejos pessoais(carros,moda, beleza, alimentos, etc.) ou também por questões de economia individual(por exemplo, a procura do álcool, que foi ou é mais barato que a gasolina).

 

Embora não possa ser expressado em números diretamente, institutos de pesquisa demografica e associações do comércio disponibilizam de gráficos que ilustram crescimentos de consumo em certos produtos.

 

Valores quantitativos: valor expressado diretamente em número, existem diversas razões para o preço se mover influenciado por este fator. Para que seja simples o raciocinio, quebramos este fator em oferta e demanda.

 

Oferta: é quanto um fornecedor está disposto a oferecer ao mercado, quando a oferta chega a grande quantidade, diminui-se o preço para que possa vender mais e produzir mais.

 

Demanda: é quanto o consumidor está disposto a comprar, quando a demanda chega a uma alta quantidade o preço sobe.

 

Fonte: Brasil Escola; Wikipedia

 





Confira também o nosso FAQ (Questões mais Frequentes).